Como fazer uma análise de SEO e identificar pontos de melhoria no site?

Como fazer uma análise de SEO e identificar pontos de melhoria no site?

Por Artigo de Wallace Castro. Postado em 26/07/2018. Última atualização em 26/07/2018.

Tempo estimado de leitura: 11 minutos.

Colocar o seu site no ar é o primeiro passo para expandir o negócio e aumentar as vendas. Porém, isso não é o suficiente para garantir que o público-alvo encontrará a sua página quando pesquisar produtos relacionados. Diante disso, a análise de SEO se torna indispensável para fazer a sua empresa ser notada na esfera virtual.

O Search Engine Optimization (SEO) — em português, Otimização para Mecanismos de Busca — é um conjunto de práticas que têm como finalidade atrair visitantes de uma maneira orgânica para um determinado site. Se bem aplicadas, tais técnicas fazem com que a página apareça nos primeiros resultados do Google, quando alguém fizer uma busca.

Estar em primeiro nas opções mostradas por esse motor de buscas implica em uma possibilidade real de efetuar vendas e aumentar a sua renda sem a necessidade de investir muito dinheiro. Justamente por isso, é o objetivo de muitos profissionais e empresários que atuam na internet.

Então, quer atrair visitantes e ter mais chances de fechar negócio? Confira, abaixo, como fazer uma análise de SEO eficiente!

CONTINUAR LENDO

Use ferramentas específicas

A análise do seu site deve ser feita de forma minuciosa, para revelar todos os pontos negativos que necessitam de ajustes. Nesse contexto, é essencial utilizar ferramentas específicas para identificar possíveis falhas.

Como um site com Análise de SEO fez uma empresa aumentar 1500% do seu faturamento

Vejamos, a seguir, algumas das ferramentas mais indicadas para essa etapa.

Screamingfrog

Considerado completo para a otimização on-page, esse recurso possibilita as seguintes ações:

  • encontrar eventuais erros de rastreamento;
  • visualizar URLs para otimização;
  • localizar e analisar conteúdos;
  • otimizar imagens;
  • simular a Snippet do Google;
  • analisar links internos e externos;
  • identificar conteúdos duplicados;
  • verificar a velocidade de carregamento;
  • criar e otimizar um Sistemap.xml;
  • reconhecer páginas que não estão indexadas.

Essa ferramenta tem uma versão gratuita, mas com algumas limitações. Assim, ao utilizar a versão paga você pode usufruir de todos os itens citados acima sem moderação, fazendo uma varredura completa na sua página.

Google Search Console

O Google Search Console — versão atualizada do antigo Webmaster Tools — é ideal para qualquer projeto de site que você pretende começar, pois ajuda muito em itens essenciais do on-page de uma página.

Com o passar do tempo, o recurso é visto praticamente como um protocolo para a implementação de uma estratégia SEO, o que se deve ao fato de ser gratuita e poder ser aliada ao Google Analytics. Também atua como um intermediador do motor de busca para o analista de SEO, emitindo alertas quando houver uma penalidade ou outra notificação importante.

Veja mais dicas para conseguir aparecer na primeira página do Google!

Analise as palavras-chave usadas no site e a sua relação com o negócio

As palavras-chave são indispensáveis para que os mecanismos de busca saibam do que a sua página está falando e consigam classificá-la conforme as buscas feitas pelos usuários.

Sem elas, os buscadores não identificam se o seu site é relevante ou não para determinado conteúdo pesquisado. Por isso, negligenciar o trabalho de escolha e inclusão desses termos no site — especialmente em áreas estratégicas, como título e meta description — é uma falha gravíssima.

Pesquise pela concorrência e faça uma lista com as palavras-chave que ela está usando. A partir daí, comece a criar termos que estejam associados ao seu negócio e produto. Leve em consideração o volume de buscas, a quantidade de concorrência por essas palavras e se elas são relevantes para a sua empresa e vão trazer visitantes qualificados ou desqualificados.

Outra recomendação é iniciar o trabalho com termos com cerca de 800 buscas exatas por mês, visto que não é uma concorrência de muita força.

Verifique os títulos, URLs e descriptions

Os títulos, URLs e descriptions também são elementos fundamentais a se verificar, pois é por meio deles que o usuário terá o primeiro contato com o seu site.

O título é o primeiro ponto observado pelo internauta, portanto, verifique se o seu é atraente o suficiente para atrair cliques. Um bom título deve ser composto por 55 a 65 caracteres — mais do que isso, o Google o cortará, indicando apenas com reticências que existem mais palavras do que o exibido.

Já a URL é o endereço do site, para onde as pessoas serão direcionadas ao clicar no seu título. Quanto a isso, para facilitar o seu rankeamento no motor de busca você deve usar a palavra-chave principal do conteúdo no título, para formar uma URL eficiente.

A descrição, por sua vez, é um complemento do título e cumpre a função de estimular o usuário a clicar no link e encontrar a resposta do que está procurando. Para isso, ela tem que explicar de forma objetiva e motivadora do que se trata o conteúdo — além de também conter a palavra-chave principal.

Fale com um Especialista em SEO

Explore o link building e links quebrados

link building enriquece a navegação do usuário, ajudando a indexar mais páginas pelos buscadores. Esse processo é feito a partir da linkagem de outros artigos relacionados ao seu conteúdo, e é crucial para aumentar o tráfego — além de permitir que os sites de pesquisa localizem a sua página com maior facilidade.

Sabe quando você está lendo um texto interessante, clica em um link que parece útil, mas acaba parando em uma página inexistente? Isso que dizer que você clicou em um link quebrado.

Ao notar esse problema no seu site, corrija-o substituindo os endereços inválidos por URLs ativas. Assim, o usuário permanecerá por mais tempo visualizando o seu serviço.

Cheque a escaneabilidade e a experiência do usuário

A escaneabilidade é a capacidade de um texto de transmitir com clareza e agilidade o seu conteúdo ao leitor.

Antes de ler uma postagem, o usuário tende a “escaneá-lo” com olhar, para ver se encontra o que está procurando. Nesse momento, se não houver boa escaneabilidade, ele provavelmente abandonará a página para buscar outro site melhor.

Para melhorar a visualização da sua página, produza um conteúdo limpo, com intertítulos, uma hierarquia clara entre tópicos, parágrafos curtos e utilização de marcadores e heading tags adequadas.

Identifique a taxa de rejeição e tempo de permanência

Por fim, o tempo de permanência na página é um dos principais indicadores considerados para o rankeamento do Google, haja vista que ele demonstra ao buscador que o conteúdo tem boa qualidade.

Quanto maior for o período em que o leitor fica na página, mais eficiência o Google tem para interpretar que o seu conteúdo responde à pergunta da persona. Do contrário, se ele sair rapidamente, o motor de busca entenderá que o texto não agrada ao público e que gera rejeição.

Por isso, identifique quanto tempo o internauta está gastando nos seus textos. Para elevar essa permanência do seu público, procure produzir conteúdos de qualidade, com uma introdução convincente, frases de conexão e intertítulos benéficos e claros.

Enfim, seguindo os passos citados aqui para a análise de SEO, você pode aprimorar a experiência de navegação e aumentar o consumo de conteúdos dos usuários — e, consequentemente, deixá-los mais interessados no seu negócio!

Então, gostou deste post? Aproveite agora para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos exclusivos no seu e-mail!

Se você precisar de ajuda para implementar uma estrutura de marketing digital que realmente traz resultados ao seus negócios, ou simplesmente se desejar fazer o seu negócio crescer, fique à vontade para falar conosco.

A missão das Franquias de Sucesso é juntos conectar pessoas ao seu negócio por meio da internet!

Seja estratégico, conecte-se.

Aficionado por empreendedorismo, graduado em Tecnologia, Marketing e Economia, já geriu áreas comerciais de diversas empresas de tecnologia, participa como voluntário do ITFB e ICM, atualmente é o Diretor Comercial e Marketing da rede de Franquias Liguesite.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

[email protected]

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.