Como abrir seu próprio negócio

Como abrir seu próprio negócio

Por Artigo de Wallace Castro. Postado em 15/11/2017. Última atualização em 15/11/2017.

Tempo estimado de leitura: 14 minutos.

Saber como abrir seu próprio negócio é um grande passo para a independência profissional e um sonho para a maioria das pessoas.

Para que ele não se transforme em um pesadelo, porém, é preciso ficar atento a erros e gastos desnecessários, problemas que podem ser evitados com a criação de um bom plano de negócios.

É certo que abrir um negócio não depende apenas de vontade, especialmente no brasil.

Deve-se considerar os aspectos burocráticos, a concorrência, o financiamento da ideia e, especialmente, a aptidão para o negócio — fator muitas vezes negligenciado.

Foi pensando em tudo isso que criamos este guia para você.

Ao final, você vai entender como abrir seu próprio negócio, com dicas práticas e eficazes para ter sucesso.

Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

CONTINUAR LENDO

Conheça o seu perfil de empreendedor

Há diversos tipos de empreendedores.

Alguns arriscam-se mais enquanto outros preferem ter mais segurança.

Alguns começam negócios do zero enquanto outros optam em investir nas franquias com uma marca já sólida e conhecida.

Qual é exatamente o seu perfil?

Ao responder essa pergunta, será possível abrir um negócio que tenha realmente aptidão, e isso é essencial.

Empreender demanda tempo e esforço como poucas atividades, então no mínimo deve-se fazer algo que goste e que combine com a sua personalidade.

Para entender melhor o seu perfil, reflita sobre:

  • Por que deseja empreender?
  • Quer apenas ganhar a vida ou ficar milionário empreendendo?
  • Pensa em construir uma carreira corporativa?

Responder a essas perguntar ajudará você a identificar seu perfil.

Busque sair do lugar comum

Ao entender o seu perfil, é possível ter uma noção mais clara sobre o segmento que deseja empreender, mas ainda assim há uma infinidade de possibilidades.

Por essa razão, busque oportunidades que ainda podem ser exploradas e gerar lucro.

É certo que o mercado está cada vez mais competitivo, mas sempre há espaço para empreendimentos inovadores, como negócios digitais.

Então busque sair do lugar comum, fazer algo diferente do que já é feito e que possa garantir mais competitividade.

Crie um plano de negócios consistente

É comum que o empreendedor queira logo colocar seu negócio em funcionamento, mas tenha calma: é preciso calcular os riscos e analisar a viabilidade da ideia.

Uma importante ferramenta para tornar isso possível é o plano de negócios, que fornece uma visão mais holística do negócio e do ambiente externo.

Veja, agora, a estrutura básica de um plano de negócios:

O plano também pode ser útil para apresentar a ideia a um possível sócio, familiar ou captar investimento bancário.

E mais: pelo seu aprofundamento, ele contribui para que o empreendedor conheça melhor seu mercado, permitindo a geração de ideias inovadoras.

Decida sobre as fontes de financiamento

Todo negócio precisa de recursos financeiros, seja para comprar os equipamentos iniciais ou para adquirir o licenciamento da marca, no caso de uma franquia.

Mas como obter o capital necessário? Veja algumas das principais fontes:

  • capital próprio;

  • empréstimo (de banco, familiares, amigos);

  • financiamento;

  • incentivos — como premiações;

  • crowdfunding (financiamento coletivo);

  • cartão de crédito.

A escolha da fonte ideal vai depender de muitas coisas, como o tamanho do negócio que deseja abrir e o capital que já possui disponível.

Fontes como cartão de crédito e empréstimo não são aconselhadas, especialmente pelas altas taxas de juros.

O Ideal é você fazer um planejamento financeiro antes de montar o seu negócio.

Separe os documentos necessários

Abrir legalmente um negócio depende de uma série de documentos, especialmente no Brasil.

Segundo o Banco Mundial, demora-se 79,5 dias para abrir um negócio, além de uma lista de 11 procedimentos legais (licenças e documentos). Veja alguns dos principais:

  • alvará de localização e funcionamento;

  • inscrição estadual;

  • licença ambiental;

  • vistoria de cumprimento de normas de segurança.

Caso o negócio seja criado em sociedade, é indispensável elaborar o contrato social.

No contrato social é definido a participação de cada um dos sócios, as principais atividades da empresa e outras questões de ordem (como o processo para sair da sociedade, caso um dos sócios deseje).

Como são muitos os procedimentos, é importante contar com a ajuda de um contador.

O contador é o profissional mais indicado para apontar as licenças e processos necessários — afinal, o número pode variar de acordo com o segmento de atuação de cada negócio.

Considere investir no modelo de franquias

Mesmo em períodos de crise, o segmento de franquia foi um dos que mais cresceu nos últimos anos.

O principal motivo desse sucesso é que esse modelo de negócio permite empreender com mais segurança, aumentando as chances de obter lucro ainda no primeiro ano de investimento, reduzindo o trabalho burocrático e contando com a ajuda especializada de alguém que já entende tudo do negócio: o franqueador.

Um estudo realizado pela Rizzo Franchise revelou que o percentual de mortalidade de negócios na área do varejo é de 23% no primeiro ano, número que cai drasticamente para apenas 3% no caso das franquias.

A razão desse sucesso é que por trás do empreendimento já existe uma marca sólida, conhecida pelos clientes e respeitada pelos concorrentes.

Também há a vantagem de investir em modelos de microfranquias, que que demandam um investimento financeiro inicial menor e reduzem ainda mais os riscos.

Muitas, inclusive, oferecem a possibilidade de trabalho home office, eliminando custos estruturais.

Veja o case de sucesso de um modelo de microfranquias digitais que faturou 50 mil em um mês.

Este modelo permite ao empreendedor alcançar sua independência profissional sem deixar de passar tempo com a família nem investir um capital inicial muito alto.

Não tenha medo de colocar a mão na massa!

Existem diversos mitos que rondam os empreendedores, e por isso é comum ter certo receio de tirar sua ideia do papel.

Algumas pessoas dizem que empreender é para quem tem sorte, mas na verdade, começar um negócio é para quem tem iniciativa!

Há quem ilustre o empreendedor como alguém que não tem tempo para nada além de trabalhar, o que também é um mito.

Muitos investidores equilibram perfeitamente a jornada empreendedora com o emprego tradicional, dedicando-se ao próprio negócio sem deixar a segurança de lado em um primeiro momento.

É claro que o dito popular é uma verdade "o olho do dono que engorda o gado", então mantenha o foco!

A realidade descrita acima se torna ainda mais fácil quando o investimento escolhido é uma franquia digital.

Além da facilidade de poder resolver tudo pela internet, sem perder tempo com deslocamento nem deixar a família de lado, o empreendedor ainda economiza por não precisar gastar com aluguel de um ponto físico, pagamento de funcionários, contas e outras despesas.

Essa ideia atende as suas necessidades? Ótimo!

Agora, basta encontrar uma plataforma segura e customizável para colocar seu negócio em prática exatamente como você planejou.

A Liguesite é especializada em modelos de franquias e oferece o melhor modelo de negócio de franquias online do Brasil.

Assim, sua franquia é desenvolvida com foco nas suas necessidades de forma eficiente, segurança e com total suporte.

Concluindo como abrir seu próprio negócio

Os passos que listamos aqui são fundamentais para garantir o sucesso do seu negócio, então não deixe de considerá-los!

Entenda seu perfil, saia do lugar comum, transforme suas ideias em planejamento e coloque a mão na massa. Pode ter certeza que você obterá ótimos resultados!

Agora que você já sabe como abrir seu próprio negócio, que tal descobrir exatamente por onde começar?

Baixe gratuitamente nosso e-book e confira 4 dicas para encontrar as melhores franquias!

Gostou do nosso artigo? Então curta nossa página do Facebook ou LinkedIn, e tenha sempre informações como essa ao seu alcance.

A missão das Franquias de Sucesso Liguesite é qualificarmos os empreendedores das nossas franquias para que ofereçam as melhores soluções digitais do mercado, fazendo com que produtos, serviços e marcas sejam encontradas por quem as procura.

Se você precisar de ajuda para abrir o seu próprio negócio, para ter mais segurança, liberdade e crescer, ou simplesmente deseja para escolher a melhor franquia para investir, fique à vontade para falar conosco.

Somos conectados e conectamos pessoas, via internet.

Seja estratégico, conecte-se.

Aficionado por empreendedorismo, graduado em Tecnologia, Marketing e Economia, já geriu áreas comerciais de diversas empresas de tecnologia, participa como voluntário do ITFB e ICM, atualmente é o Diretor Comercial e Marketing da rede de Franquias Liguesite.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

[email protected]

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.