Como criar um site

Como criar um site

Por Artigo de Wallace Castro. Postado em 29/09/2017 em Criação de sites

Vamos mostrar que é essencial aprender como criar um site mesmo que não seja você o responsável pelo desenvolvimento dele, além de demonstrar a importância de entrar de cabeça no mundo digital e quais as vantagens que um site pode trazer.

Não adianta reclamar: o mundo está conectado 24 horas por dia, sete dias por semana.

Tentar negar ou fugir desse fato apenas faz você se afastar da realidade, e se isso já é ruim para a vida pessoal, imagina como pode afetar sua vida profissional.

Se você decidiu empreender em plena era da tecnologia, ter apenas um perfil em uma ou outra rede social não basta para ter credibilidade no seu negócio, é preciso mais.

Atitudes simples como criar um site podem ajudar a impulsionar sua empresa, seja ela de qualquer porte, e pode gerar bons negócios.

Se no início da internet manter um dominio era muito caro, hoje em dia é possível conseguir uma excelente estrutura a um custo vantajoso.

Acompanhe o artigo, ele é completo e prático. Ótimo leitura!

CONTINUAR LENDO

Criar um site, um blog ou um perfil nas redes sociais?

Para quem está desembarcando agora nesse mundo chamado internet, pode parecer tudo a mesma coisa, mas existe uma diferença muito grande entre site, blog e redes sociais.

Um complementa o outro, e o melhor mesmo é ter os três simultaneamente, embora isso ainda não seja comum e saber como criar um site é essencial para sobreviver no mundo digital.

Conforme a pesquisa mais recente divulgada pelo Comitê de Gestão da Internet no Brasil (CGI.br), em 2015, apenas 35% das empresas brasileiras possuíam website e perfis nas redes sociais.

Outros 22% apostavam apenas em estratégias mais comuns como criar um site, sem presença nas redes sociais.

O número de negócios que apostavam apenas nas plataformas de interação, sem possuírem sites, chegava a 15%, enquanto ainda havia 25% de empresas que não tinham qualquer presença online.

Mesmo que os números certamente tenham aumentado no ano seguinte, já que o CGI.br deve divulgar em breve os dados referentes a 2016, é notável a falta de investimento nessa área, e o empreendedor deve se manter atento a todas as ferramentas que ajudem a impulsionar seu negócio, como criar um site.

É importante saber qual é a utilidade e para que serve cada uma delas antes de começar a pesquisar para aprender como criar um site, para que abastecer um blog e como posicionar sua empresa nas redes sociais.

Para que serve um site

como criar um site Liguesite O website é um conjunto de páginas na internet que abriga determinado conteúdo sobre um assunto específico, podendo ser em texto, áudio, vídeo ou fotos, ele pode ter:

  • Um dominio próprio e ser mais profissional.

Exemplo: www.suaempresa.com.br;

  • Ou pode ter um dominio compartilhado.

Exemplo: suaempresa.dominiodaoutraempresa.com.br.

No caso de uma empresa, por exemplo, o site pode abrigar a história, o quadro de funcionários, o tipo de serviço prestado e o portfólio.

Por mais que você não saiba como criar um site, existem inúmeras ferramentas disponíveis que podem ajudar a desenvolver o conteúdo mais apropriado para o seu objetivo.

Para que serve um blog

como criar um site - blog da Liguesite

Para atualizações diárias com conteúdo mais voltado para o factual ou em artigos, o blog é a ferramenta ideal.

No início, ele era usado como um “diário virtual”, com os usuários usando o blog para comentar sobre seu cotidiano, exatamente como as pessoas costumavam fazer no papel e caneta.

Mas algumas empresas perceberam o poder dessa ferramenta e passaram a utilizá-la também como forma de divulgação de conteúdo, seja ele um “diário da empresa”, com notícias relacionadas ao dia-a-dia do negócio, ou então para publicação de artigos relacionados aos produtos e serviços por ela prestados.

Para que serve uma rede social

como criar um site - Facbook da Liguesite

Palavra da moda no momento, a rede social é uma espécie de comunidade na internet em que você pode se conectar com qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo.

As redes sociais permitem que você acompanhe o cotidiano daquele amigo que você não vê desde pequeno, ou então para você saber o que sua celebridade favorita faz nas horas vagas.

Mas elas também são cada vez mais utilizadas por empresas de todos os ramos para se aproximar do mercado consumidor e estabelecer uma relação mais próxima com seu público-alvo.

É uma ferramenta que traz resultados expressivos e em pouco tempo.

No Brasil, o Facebook é a mais popular, mas YouTube, Twitter e Instagram também são bastante utilizadas.

Mas afinal como criar um site?

Mesmo que não seja você que vai cuidar dessa parte, é essencial aprender como criar um site para poder acompanhar o serviço e saber quais são as melhores decisões para seu negócio.

Registro de Dominio

Para ser simplista, o dominio é basicamente o “nome” do seu site.

É ele que o usuário vai digitar no navegador para chegar até o seu site e é um dos princípios básicos de como criar um site.

o que é dominio na pratica

O dominio é basicamente composto pelo nome, pela identificação do seu site, com uma extensão. No Brasil, o mais comum é encontrarmos o “.com.br”. Para conseguir o dominio, é preciso ter CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) ou CPF (Cadastro de Pessoa Física) e um endereço em território nacional.

Antes de mais nada, quando você começa a pensar em como criar um site, precisa pensar em um bom nome.

Simples, que seja fácil de memorizar e que remeta imediatamente ao serviço prestado ou produto vendido.

O primeiro passo depois disso é acessar https://registro.br/ e conferir se o nome escolhido está disponível para registro.

Será preciso inserir alguns dados pessoais e cadastrar a forma de pagamento porque, é claro, esse tipo de serviço tem um custo.

Passo a passo para o registro do dominio

Após acessa https://registro.br, o primeiro passo é digitar o dominio desejado e clicar no botão pesquisar.

Se o dominio estiver disponível clique no botão registrar conforme figura abaixo.

Perceba que o custo será de 40,00 por 1 ano pago diretamente ao registro.br.

como criar um site - hospedagem de site

Depois será solicitado seu CNPJ ou CPF, se for para sua empresa digite o CNPJ e clique em Continuar, conforme figura abaixo:

como criar um site - hospedagem de site - cnpj

Agora para concluir o registro você precisa digitar todos os dados da próxima tela, e digite um e-mail válido pois será enviado para ele a confirmação do registro e o boleto do pagamento.

Se você preencheu os dados corretamente aparecerá uma mensagem de confirmação: Para dar continuidade ao seu pedido de registro, acesse o email enviado para o endereço seuemailcadastrado@gmail.com para validar seu cadastro.

Pronto, pague o boleto e seu dominio estará registrado.

Uma analogia para simplificar o registro do dominio

Quando pensar em como criar um site, pense como comprar um carro e pagar o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

Você vai na concessionaria e adquire o automóvel, que seria a compra da criação do site, mas ainda precisa pagar anualmente para o DETRAN um “imposto” - o IPVA, assim você tem o direito de circular por um ano.

Esse “imposto” seria o valor pago anualmente para você ter o direito de ter o dominio na internet, e você para diretamente ao registro.br.

Para ter um site funciona da mesma forma: você cadastra seu dominio e paga uma taxa de R$ 40 por ano para o registro.br, e pode renová-lo por até dez anos.

Depois do registro, você não poderá mais alterar o dominio. Vale lembrar que é importante também fazer o registro de dominios “.com” (que pode ser realizado em https://www.name.com).

Outra dica importante quando você aprende como criar um site é, na medida do possível, cadastrar dominios parecidos com o seu, e também com erros de português, porque os problemas de digitação são frequentes (por exemplo, cadastre suaempresa.com.br e suaempreza.com.br).

Hospedagem de site

Ainda na analogia da compra de um carro com o seu dominio, se você vai com o seu carro até o centro de uma grande cidade, não vai querer deixá-lo estacionado em qualquer lugar, não é mesmo?

Vale mais a pena pagar um estacionamento particular e garantir que ele esteja em um lugar seguro do que ter uma surpresa desagradável depois, não é verdade?

Quando você descobre como criar um site, percebe que vai se deparar com mais ou menos a mesma situação, e o seu “estacionamento” neste caso vai ser a hospedagem do site, ou da loja virtual.

Depois de registrar seu dominio, você precisa encontrar um lugar em que seja possível “guardar” o conteúdo que pretende colocar à disposição do usuário: isso chamamos de hospedagem.

Normalmente, quando você pesquisa como criar um site, descobre que esse serviço é pago, e a negociação pode ser feita por mês, trimestre, semestre ou até anualmente, e é possível negociar um bom desconto dependendo do plano escolhido.

A empresa de hospedagem contratada vai oferecer um espaço dentro dos servidores próprios para colocar seus arquivos (textos e imagens) na internet para ficarem à disposição do usuário.

São três os principais tipos de hospedagem e há vantagens e desvantagens em como criar um site utilizando cada um deles.

Servidor Dedicado

A hospedagem “dedicada” é quando você tem um servidor inteiro à sua disposição e é mais indicada para sites que têm um tráfego pesado de usuários.

Todo o hardware e o software estão inteiros à disposição do site e podem reduzir os problemas técnicos, claro, o hardware possui uma limitação física.

Além disso, é preciso ter um bom conhecimento técnico para configurá-lo da maneira mais apropriada.

O principal problema desse tipo de hospedagem é o preço.

Os custos são extremamente altos.

Servidor em nuvem ou Cloud

Com a hospedagem “na nuvem”, os arquivos do site são distribuídos em várias máquinas que trabalham em conjunto e integradas.

Toda a carga de dados, armazenamento e processamento de tráfego é dividida e não há mais limite físico como no servidor dedicado.

Ou melhor dizendo a expansão dos recursos é muito facilitada.

O problema disso é que o responsável pelo dominio precisa ficar atento para não consumir muito mais do que está acostumado, já que isso pode significar um aumento considerável na hora de pagar pelo serviço e, como criar um site é um empreendimento que costuma exigir baixo investimento, a conta no fim do mês não pode ser uma surpresa.

O modelo mais indicado para quem está começando e quer garantir uma hospedagem adequada e sem se preocupar demais com a parte técnica, além de aprender como criar um site, é utilizar este serviço “compartilhado”.

Servidor Compartilhado ou hospedagem compartilhada

É sem dúvida a opção mais usada em todo o mundo.

A empresa de hospedagem se preocupa com toda a infraestrutura de hardware, software, links de comunicação e toda a equipe técnica.

Essa empresa oferece uma fatia de seus servidores dedicados para cada site, tudo de forma compartilhada.

Com esse “pedaço”, o dono do dominio pode hospedar seu site, e consumir os recursos de memória, processamento e link contratado.

Se você está começando a descobrir como criar um site, a hospedagem compartilhada pode ser a mais vantajosa, justamente porque ajuda a resolver a maior parte dos problemas técnicos.

Se o site está no início, o volume de tráfego não será tão intenso e você não precisará se preocupar em ter um servidor dedicado, ou então em ter o serviço na nuvem para ampliar a capacidade de banda.

A hospedagem compartilhada se mostra como a melhor opção neste primeiro momento.

Construtor de sites

como criar um site - criador de sites Agora que já passamos pelos primeiros passos, é a hora de começar a descobrir de fato como criar um site.

O mercado para isso é muito grande e existem diversas ferramentas que prometem auxiliar o usuário, mas é preciso encontrar um lugar diferenciado e que ofereça opções que façam você se destacar diante da concorrência.

Como criar um site com WIX

Uma das ferramentas mais conhecidas do mundo é o WIX que, além de oferecer hospedagem, também possui uma ferramenta aos moldes “faça você mesmo” e o usuário precisa saber tudo como criar um site.

Além de aprender a ferramenta, para fazer um site sozinho será necessários conhecimentos para combinar cores, ajustar layouts, ou seja você terá que saber tudo como criar um site sozinho.

O básico oferecido pelo sistema é gratuito, mas são poucas opções de personalização e o nome do site ficará atrelado ao deles (suaempresa.wix.com), e isso poderá prejudicar a imagem de sua empresa.

Para conseguir um nome sem o WIX.COM, será preciso desembolsar um valor dependendo das funcionalidades que você estiver pensando em implantar em seu site.

Como criar um site com WordPress

Com distribuição gratuita, o WordPress é uma ferramenta para gerenciar conteúdo online das mais conhecidas em todo o mundo.

Por oferecer templates e plug-ins gratuitos, a plataforma é muito usada para criação de blogs e sites.

Se por um lado o WordPress é gratuito, por outro a dificuldade de usá-lo é grande, então se você não for da área de informática essa não será uma boa opção para você.

Mas nem tudo está perdido, você poderá contratar uma agência para criar o site em WordPress.

Para quem entende de informática o WordPress tem uma linguagem facilitada, muitas atualizações da ferramenta e diversos plugins ajudam os programadores solucionar problemas durante o desenvolvimento do site.

O sistema oferece dezenas de plug-ins para ajudar como criar um site, como compartilhamento em redes sociais para o usuário, no pagamento para compras online, instalação de buscadores e ferramentas de pesquisa e até mesmo para data e previsão do tempo.

O maior desafio é achar uma agência que faça o site por um preço acessível.

Uma grande desvantagem dessa ferramenta é a velocidade de carregamento do site, uma vez que a ferramenta tem muitas opções de plugins, o site fica mais carregado, e com isso demora mais para carregar e consequentemente perde-se uns pontinhos com o Google.

Como criar um site com o Liguespeed da Liguesite

Se você não sabe como criar um site, mas não abre mão de estar envolvido em todo o projeto e fazer as coisas do seu jeito, o Liguespeed da Liguesite é uma ótima opção.

A Liguesite que já desenvolveu milhares sites para empresas de todo o país, oferece uma ferramenta de construtor de site que dá ao usuário a liberdade de montar a página na internet da forma que julgar mais apropriada para seu negócio.

Porém o mais interessante dessa empresa, é que ela desenvolveu em um modelo de franquias um conceito completamente inovador, uma mistura de WIX, WordPress e um site totalmente personalizado.

EconoLigue

Essa opção bastante usada por empreendedores de sucesso é a opção EconoLigue.

Com várias opções de modelos, você escolhe o que achar melhor e um dos franqueados coloca textos e imagens para você.

A vantagem dessa opção é que é cobrado apenas uma mensalidade e não o valor para a criação do site em si.

Agora, se o cliente estiver pensando em como criar um site completamente customizado e com a cara da empresa, basta procurar um dos franqueados Liguesite.

São centenas de recursos disponíveis para deixar o site com a aparência, o desempenho e o resultado esperados.

Layout responsivo, que se adapta a qualquer tipo de tela (PC, notebooks, smartphones e tablets), gerenciador de tarefas que permite ao usuário como criar um site, alterar textos e fotos dentro de sua página, variedade de modelos e hospedagem compartilhada são apenas alguns dos benefícios de aderir ao Liguesite.

O atendimento voltado a cada cliente com um profissional de marketing digital preparado para auxiliar e esclarecer todas as dúvidas, a integração com redes sociais para ajudar a alavancar a divulgação da página e o chat integrado para conversar com o público também se apresentam como diferenciais oferecidos pela franquia no desenvolvimento de cada site.

Veja aqui mais sobre como criar um site só seu!

Algumas atitudes simples, como criar um site, podem ajudar a impulsionar um negócio ou uma empresa, aumentando a visibilidade da marca e dando mais credibilidade para o produto.

Vejamos agora algumas dicas de como criar um site.

Porque ter um site

como criar um site - Porque ter um site

Não é nenhum absurdo dizer que hoje, quem não está na internet praticamente “não existe”.

Quando o consumidor fica sabendo de um determinado produto ou serviço, o primeiro lugar que ele vai é até a internet para pesquisar mais e encontrar referências sobre aquilo que “alguém comentou”.

Se sua empresa ainda não pensou em como criar um site, ele pode perder o interesse sobre o seu produto.

como criar um site - pagina nao encontrada

Ou pior, pode encontrar informações sobre o seu principal concorrente.

Pronto, a sua falta de visibilidade prejudicou o seu negócio e ajudou o concorrente. como criar um site - concorrencia Algumas atitudes simples como criar um site ajudam a aumentar a visibilidade da sua empresa, que acaba restrita ao espaço físico e à publicidade tradicional de rua e televisão, mas não está disponível ao usuário a um clique de distância 24 horas por dia, sete dias por semana.

Além disso, ter um site bem construído, atraente, responsivo e de fácil navegação melhora a credibilidade da marca e dá mais segurança ao consumidor que está disposto a fazer o investimento no seu serviço.

O site também pode ser uma excelente ferramenta na hora de apresentar a proposta da sua empresa.

Objetivo de um site

Não crie um site apenas porque o seu concorrente tem um. Você precisa definir o principal objetivo de um site, por exemplo:

  • Quero vender meus produtos ou serviços;
  • Quero fortalecer minha marca;
  • Preciso me relacionar com meus clientes;
  • Desejo apresentar novidades e notícias sobre meu segmento.

Por exemplo se você escolher se quer vender seus produtos ou serviços, uma página especial com uma lista de todos os produtos ou serviços que são oferecidos, ajudará o consumidor encontrar com facilidade o que ele está procurando, além de mostrar toda a variedade e as possibilidades que sua empresa oferece em relação à concorrência.

Dependendo do produto, você pode até mesmo utilizar o próprio site para efetuar as vendas, diminuindo, e em alguns casos até eliminando, a necessidade de uma loja física.

O importante é que você saiba exatamente o que procura quando decide aprender como criar um site e qual a ferramenta que será usada para o desenvolvimento.

como criar um site - Objetivo do site

Você precisa pesquisar e saber qual é o modelo mais apropriado, qual o melhor visual e como apresentar da melhor forma as informações sobre seu produto ou serviço para que essa informação chegue da maneira mais clara ao consumidor e agilize o acesso dele ao que você está querendo oferecer. Ou, buscar uma empresa que sabe como criar um site para você.

Seções do Site

Apesar de haver uma infinidade de sites e modelos para serem adotados conforme a necessidade e o interesse de cada empresa, a maioria deles apresenta seções que trazem conteúdos semelhantes e que trazem informações básicas sobre a empresa e o serviço oferecido.

Como criar um site não é algo estratégico, o melhor é começar pelo simples:

A página inicial, também chamada de “home” ou “homepage”.

É a “cara” do seu site, a primeira página que o usuário irá encontrar quando digitar seu dominio no navegador. É importante que ela seja atraente, bem construída e responsiva, porque o volume de acessos via tablets e smartphones tende a ser cada vez maior.

Também é comum encontrar seções como:

Quem Somos

Que traz um breve histórico da empresa e os valores, ideais e missões.

Contatos

Onde estão disponíveis telefones, e-mail, lista de redes sociais ou chat para que o usuário possa entrar em contato e esclarecer possíveis dúvidas ou fazer a contratação e compra de seu serviço/produto.

Depoimentos

O site também pode ser usado para que você prepare uma lista com seus clientes, e até coletar depoimentos em texto e principalmente em vídeos, sobre seus produtos, serviços e experiencias que seus clientes tiveram com sua empresa.

Portfólio

Como criar um site é uma opção viável de publicidade, é possível montar um portfólio mostrando trabalhos anteriores para dar uma ideia ao consumidor do que ele poderá encontrar e receber caso decida escolher o seu negócio.

No entanto, muitas empresas ainda optam pelo conceito de “One Page”, ou Página Única.

Como o próprio nome já indica, não há seções, apenas a página inicial que trará todo o conteúdo e as informações da empresa logo de cara.

Este modelo de como criar um site é bastante utilizado para a criação de sites institucionais e funciona como uma base para que você “exista” na internet.

Com este modelo, a apresentação, o design e o conteúdo precisam ser de primeira classe, porque a página é tudo o que o usuário terá à disposição.

O visual precisa ser agradável e atrativo e a página deve trazer informações relevantes, e como criar um site também serve para divulgar sua empresa, é válido trazer os serviços prestados e as formas de contato.

Modelos de sites

Em um mercado tão vasto e importante como criar um site, é normal que exista uma infinidade de possibilidades para que a página tenha a aparência e o modelo mais adequado para cada tipo de negócio.

Mas é importante que na hora do desenvolvimento você esteja consciente do que quer e de qual o modelo de site mais apropriado para sua ideia de como deve ser a sua página.

Uma característica que não pode passar despercebido quando se pensa em como criar um site é se o modelo escolhido tem um layout responsivo.

Isso significa que ele irá adaptar a estrutura da página e a disposição de cada item conforme o dispositivo usado para acessar o site, como smartphones, tablets e computadores pessoais.

Assim como na hora de escolher o nome e a logo de sua marca, a seleção das cores também ajuda a passar uma determinada imagem para o usuário quando você pensa em como criar um site.

Também vale ficar atento às funcionalidades do layout escolhido:

  • Qual a sua prioridade?
  • Você quer que o usuário tenha mais acesso aos textos ou à galeria de fotos?
  • O modelo da página atende às suas necessidades?

São perguntas que precisam ser feitas e respondidas no momento da criação do site.

Se você ainda está aprendendo como criar um site e não consegue decidir quais são as prioridades, é possível consultar um especialista de marketing digital de um dos franqueados do Liguesite para tirar dúvidas e escolher quais são os modelos que mais se adequam ao perfil da sua empresa.

Conteúdo

Em plena era digital, não há como criar um site que atenda a todas as expectativas se não existir um bom conteúdo, que vá chamar a atenção do usuário e mostrar a importância de sua marca.

O marketing digital de conteúdo é a principal ferramenta hoje para divulgar serviços e produtos e investir nessa área é essencial para obter sucesso na empreitada pela internet.

Para alcançar o público desejado, existem algumas técnicas de como criar um site que devem ser adotadas, como o caso do SEO (Search Engine Optimization).

Para usar uma linguagem mais clara, as técnicas SEO envolvem várias otimizações no conteúdo e no código de como criar um site que aprimoram os resultados de busca em páginas como o Google.

Isso significa que uma boa configuração de SEO faz o seu site aparecer entre os primeiros quando alguém busca por uma palavra-chave que leve à sua página.

Apesar da importância dessas configurações, algumas ferramentas do mercado de como criar um site, como o WIX e o WordPress, tornam mais difícil essa técnica e por isso é importante encontrar alguém que possa auxiliar nesta prática.

Outra forma de obter conteúdo de interesse do seu público é criar um blog.

Ele difere do site porque, enquanto o site é mais voltado para informações institucionais e “fixas”, o blog pode servir para atualizações diárias com artigos relevantes sobre temas relacionados ao seu produto/serviço e até mesmo com notícias da sua empresa.

Existem estatísticas que apontam que manter um blog atualizado aumenta em mais de cinco vezes as chances de um site corporativo ser encontrado nos buscadores.

Essa estratégia pode ser adotada por qualquer tipo de empresa, desde a micro até as grandes marcas.

Um caso real

É o caso da Risqué, marca de esmaltes conhecida no país inteiro e que utiliza o blog para falar das tendências de cada estação, as novas cores da marca e dicas de beleza em geral, e acertou como criar um site que serve para a divulgação e comercialização de produtos e informações institucionais.

Como criar um site com conteúdo

Antes de mais nada, é preciso definir sua persona, o público-alvo da sua empresa.

  • Com quem você está tentando se comunicar?
  • Esse público entende sua mensagem?
  • Seu produto e as informações sobre ele chegam até quem precisa?

Quando se aprende como criar um site, pensar no conteúdo é outra ação fundamental para o sucesso da página.

Depois, pense no tema central de cada artigo que você pretende publicar, pense nas informações mais relevantes sobre cada tema, crie uma lista de subtópicos e se inspire na hora de colocar suas ideias em texto.

Lembre-se sempre de revisar todo o material produzido: erros de gramática e de digitação podem afetar a visão que o usuário tem da sua marca e devem ser evitados a todo custo.

Pense também em como criar um site que possa conversar com seu público-alvo.

Um programador de sites pode querer ler o texto de uma forma diferente de um advogado, que terá uma leitura diferente da de um professor, por exemplo.

Imagens

como criar um site - imagem

Além do texto, outra forma de se comunicar com o público-alvo é por meio das imagens.

Quando adequadas, bem selecionadas e adaptadas ao conteúdo do site, elas ajudam a informar e a prender a atenção do leitor.

Por isso, um diferencial é prestar atenção na qualidade das imagens, tanto em resolução quanto no enquadramento e no conteúdo da própria foto.

Também é preciso tomar cuidado com o tamanho das imagens para não deixar o carregamento da página mais lento para o usuário – tudo isso também deve ser pensado quando se está montando o projeto de como criar um site.

Significado das cores

Quando for estruturar seu site, lembre-se de que, assim como na publicidade, pensar no significado das cores também é importante para transmitir a mensagem desejada pela empresa.

Elas ajudam a passar o sentimento e o conceito por trás de uma mensagem e a escolha adequada das cores auxilia na percepção do público com relação ao seu produto/serviço e como criar um site pode ajudar a entregar essa mensagem.

Como conseguir imagens

Se você não tem um fotógrafo à sua disposição, é possível pesquisar as imagens que você precisa em bancos de imagens, que podem ser pagos ou gratuitos.

Banco de imagens

Como o próprio nome indica, o Freepik disponibiliza milhares de imagens e vetores para serem usadas sem cobrar nada por isso, mas também dá para achar fotos profissionais em bancos de imagens pagos, como é o caso do Shutter Stock.

Tome cuidado ao pesquisar por fotos em buscadores normais e tenha sempre em mente que a foto é uma propriedade intelectual e é preciso tomar cuidado com direitos autorais.

Use apenas imagens de bancos ou que você tenha autorização expressa do autor para utilizá-las.

Editor de imagens

Se a imagem não está adequada, é possível usar softwares para fazer alterações, desde as mais simples até grandes montagens e edições.

O Photoshop é o programa mais conhecido e que oferece a maior variedade de opções de tratamentos, mas trata-se de um software pago.

Para quem não está em busca de um programa gratuito e que também tenha um bom leque de edições, o GIMP é a melhor opção.

É essencial ter em mente a importância de escolher bem as imagens e as cores que serão utilizadas quando se monta a estratégia de criar um site e a mensagem que você quer transmitir.

Mas essa variedade pode ficar mais restrita se você utilizar ferramentas do mercado de como criar um site, como o WIX e o WordPress, porque essas mudanças em plataformas como essas exigem mais conhecimento técnico de como criar um site.

Para ajudar a resolver esses problemas e encontrar soluções, é possível entrar em contato com qualquer franqueado da Liguesite, que dispõe de web designers qualificados capazes de auxiliar como criar um site.

Site responsivo

O smartphone deixa qualquer informação a poucos cliques de distância e, por isso, não há como criar um site que não seja pensado para ser facilmente acessado em qualquer dispositivo.

O usuário deve ficar confortável e conseguir encontrar com facilidade a informação que ele procura em qualquer tela, seja no celular, tablet, notebook ou computador pessoal.

Basicamente, é isso que significa um site ser responsivo.

Assim, a escolha de um bom modelo independentemente do tipo de site que deseja, e que atenda às suas necessidades e também possa se “adaptar” a qualquer dispositivo, é essencial quando se pensa em como criar um site.

Vale ressaltar que essa característica tem que ser implantada sempre que se estiver falando em como criar um site, seja ele uma página institucional, uma Landing Page, site de anúncios, notícias ou de vendas.

O importante quando colocar seu negócio na internet é entender que o comportamento do usuário muda o tempo todo e segue as novas tecnologias.

Por isso, é importante lembrar que a partir do momento em que um site é desenvolvido, o criador precisa sempre ficar atento às novidades para não ficar ultrapassado em relação à concorrência.

E para manter-se atualizado basta ficar atento às notícias de mercado e ter o costume de acessar outras páginas para ter referências de como criar um site e entender como o consumidor pensa e se comporta.

Google Analytics

como criar um site - google analytics

Uma das ferramentas mais importantes para quem pensa em como criar um site é o Google Analytics. Gratuita, ela permite saber tudo o que acontece dentro de sua página, seja ela um site, um portal de notícias ou um blog.

Você consegue saber quantas pessoas acessam a página em tempo real e qual o conteúdo que mais chama a atenção, além do perfil do usuário (sexo, idade, localização, etc.).

Bastante completa, esta ferramenta também permite encontrar uma infinidade de dados sobre o comportamento do público-alvo de seu site quais são os conteúdos que mais têm acesso.

Com o Analytics, é possível gerar relatórios de acessos, integrá-lo com o AdWords (ferramenta do Google para gerar negócios e impulsionar o rendimento do site) e utilizar esses dados para mostrar a relevância de seu conteúdo, além de entender como o seu público se comporta e dar mais prioridade às áreas que julgar necessário.

Para utilizá-lo, é preciso criar uma conta no Gmail (serviço de e-mail do Google) ou usar sua conta já existente.

Você vai precisar colocar alguns dados pessoais e adicionar ao seu site o código para que o Google consiga acompanhar o volume de acessos.

Caso haja dúvidas sobre esse assunto, basta procurar qualquer franqueado do Liguesite para buscar ajuda.

Google Search Console

como criar um site - google search console

Essencial para manter seu site relevante no maior buscador da internet, o Google Search Console serve para otimizar sua página e mostrar o que pode e deve ser aprimorado para que ela tenha relevância dentro do Google.

Basicamente, essa ferramenta mostra como o Google vê o seu site diante de outras páginas e como ele vai ranqueá-la.

Existe uma série de funcionalidades no Google Search Console que geram métricas que ajudam a entender quais são as otimizações necessárias.

Ele mostra, por exemplo, o que o usuário procura no Google que mostra (ou não) sua página a ele e como o Google lê cada informação dentro do seu site, seja um texto, uma imagem ou um vídeo.

Problemas de segurança que possam expor o usuário e dificuldades na indexação de suas páginas pelo Google também aparecem com a Search Console.

Aliado ao Analytics, é possível entender o comportamento de quem acessa sua página, medir o volume de visitas e até quanto tempo cada pessoa ficou na sua página, em média.

Também é um grande aliado para você avaliar quais páginas estão quase na primeira página e melhorar o conteúdo para elas passarem para a primeira página.

Você pode verificar quantas vezes a página apareceu e quantas vezes ela foi clicada, chamamos isso de CTR.

Se o CTR tiver baixo você poderá melhorar o SEO Title e a Meta Description, isso ajudará e muito aumentar seu CTR. Veremos um pouco mais sobre esses temas abaixo.

É preciso criar uma conta, adicionar seu site nela e comprovar que de fato é dono daquela página.

Insira o código que será gerado dentro da programação e siga os passos indicados em tela para que o Google passe a monitorar sua página e indique as otimizações necessárias para otimizar seu site.

SEO

como criar um site - SEO Sigla para Search Engine Optimization, o SEO é um conjunto de técnicas para produção de conteúdo e de programação que ajudam a colocar seu site no topo das pesquisas em buscadores como o Google e, assim, aumentar o número de acessos e o volume de usuários, impulsionando vendas e ampliando as receitas da empresa.

Parece simples resumindo dessa forma, mas na verdade a configuração adequada demanda muita técnica e é importante ter algum especialista para desenvolver essa parte.

Heading Tags

Um fator relevante para uma boa configuração de SEO é o uso das chamadas Heading Tags, que são chamadas de H1, H2, H3, H4, H5 e H6.

Elas são recursos utilizados na programação para destacar os subtítulos do seu artigo e, por causa da relevância e da configuração que deve ser feita para o uso correto delas, é importante aprender como utilizá-las para otimizar seu conteúdo perante as ferramentas de busca.

Título

O mais indicado é não usar no mesmo artigo mais de uma H1 – esta tag normalmente é semelhante ao título do texto e resume de forma simples o conteúdo que será encontrado no artigo.

Normalmente, a H1 tem mais destaque no texto, com uma fonte maior, e é um dos elementos usados pelos buscadores para descobrir a relevância e o assunto tratado nos textos.

Subtítulos

Daí em diante, é só seguir a lógica: a H2 vai ser um subtópico da H1, a H3 terá relação com a H2, e assim por diante.

A H2 e H3 também são bastante importantes para SEO porque podem ser usadas para inserir palavras chaves que vão complementar o assunto do seu texto.

Meta Description

Embora não influencie na posição em que a página vai aparecer, a Meta Description é outra ferramenta importante para atrair o interesse do público e do consumidor quando ele fizer uma pesquisa em algum buscador.

Ela é a descrição que aparece logo abaixo do link do seu site no Google, Bing ou Yahoo, por exemplo, e deve trazer um resumo curto com todo o conteúdo que o internauta vai encontrar naquele artigo.

O ideal é que não tenha em torno de 30 palavras para que ela apareça completa ao usuário e, assim, sua mensagem seja 100% entregue para que ele saiba qual o conteúdo naquele link.

Palavras-chave

Outro método importante para alavancar a SEO da página e ajudar nos resultados de buscas é o uso correto das palavras-chave.

São termos utilizados dentro do seu texto que irão auxiliar o Google na hora de indexar seu site e de exibi-lo ao usuário dependendo da pesquisa que ele fizer no buscador.

O ideal é que elas apareçam entre 0,5% e 2,5% do conteúdo total do texto. Ou seja, se seu texto tem 500 palavras, ela deve aparecer entre 2 e 12 vezes, dependendo de como estiver a configuração de sua página.

URL

A URL também é fundamental para a otimização de seu site e também para atrair o interesse do leitor. Trata-se do endereço que será digitado ou clicado pelo usuário e ele deve conter palavras que remetam ao conteúdo, de modo que qualquer pessoa que veja o link saiba exatamente o que vai encontrar – ou pelo menos, fique curioso para saber o que irá encontrar.

como criar um site - url O ideal é que a URL não seja muito grande e que a mensagem fique bastante clara somente ao visualizar o link de todos os subdominios de seu site.

Links internos e externos

Por fim, também vale ficar atento ao uso de links internos e externos para otimizar o ranqueamento nos buscadores.

Os links internos (internal links) são aqueles que levam para dentro do próprio site, fazendo o usuário navegar de uma página a outra dentro do mesmo endereço e, assim, aumento do tempo de permanência e reduzindo a taxa de rejeição.

Os links externos também são importantes para a SEO.

Eles podem tanto levar o usuário para outra página fora de seu site (o que dá mais opções de conteúdo para quem frequenta seu site) ou então o caminho inverso: outros sites que fazem o link para o seu.

Isso mostra que seu conteúdo tem credibilidade e qualidade e o Google reconhece essas atitudes na hora de fazer o ranking das páginas.

Quais as vantagens de ter um site

É inegável que a presença no mundo digital é essencial para o sucesso de um empreendimento.

E não basta apenas ter perfis em redes sociais.

Ações mais específicas como criar um site e abastecer um blog com informações relevantes trazem mais público e ajudam a divulgar a marca, trazendo mais visibilidade e oferecendo mais possibilidades de negócios e relacionamentos com clientes e parceiros comerciais.

Utilizar meios como criar um site também se mostram como opções baratas e eficazes de divulgação da marca – mais barato que uma inserção na televisão ou que colocar outdoors nos principais pontos da cidade.

Sua marca está visível 24 horas por dia, sete dias por semana, a um clique de distância do usuário.

Como criar um site também é importante porque, diferente do que acontece nas redes sociais, quando você entende como criar um site, você pode ter uma plataforma digital e exclusiva para o seu negócio, buscando a melhor forma de gerenciar seu conteúdo e de levar serviços e produtos até o consumidor final.

É possível medir o comportamento do usuário das maneiras mais diversas e entender quais são as melhores estratégias para impulsionar seu negócio e chegar mais próximo do público-alvo de maneira mais eficaz.

A internet oferece as mais diversas oportunidades de negócio em qualquer lugar do mundo, além de ser uma janela para fácil e rápido relacionamento com o cliente.

E-mail, telefone, chat e redes sociais podem ser disponibilizados para que o consumidor esclareça dúvidas, faça pedidos e dê sugestões que certamente irão impulsionar o empreendimento.

A partir do momento em que você entende a importância de criar um site, sua marca fica mais valorizada, a divulgação de seu produto/serviço é mais abrangente e isso influencia diretamente nos resultados de vendas e retorno financeiro.

Conclusão de como criar um site

Ter uma página própria na internet é preponderante para aumentar a visibilidade e a credibilidade da sua marca, serviço e ou produto.

Permite que você seja encontrado pelo cliente, torne-se uma “autoridade” dentro do seu mercado e ajuda no relacionamento com o consumidor e com possíveis parceiros comerciais.

Trata-se de um investimento baixo e que certamente trará um retorno bastante vantajoso.

A melhor opção hoje, que traz o melhor custo-benefício, é usar o novo conceito de como criar um site com as franquias Liguesite.

Em um mercado tão abrangente quanto o de criação de sites, é importante ter uma empresa em que se possa confiar e que tem à disposição os melhores profissionais preparados para ajudar qualquer tipo de empreendimento.

Gostou de nosso artigo, curta nossa página no Facebook e fique atualizado, compartilhe o conhecimento com seus amigos.

Agora se você precisar de ajuda para implementar uma estrutura de marketing digital, ou simplesmente se desejar fazer o seu negócio crescer, fique à vontade para falar conosco.

A missão das Franquias de Sucesso é juntos conectar pessoas ao seu negócio por meio da internet!

Seja estratégico, conecte-se.

Onde você está?*

Aficionado por empreendedorismo, graduado em Tecnologia, Marketing e Economia, já geriu áreas comerciais de diversas empresas de tecnologia, participa como voluntário do ITFB e ICM, atualmente é o Diretor Comercial e Marketing da rede de Franquias Liguesite.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

sac@liguesite.com.br

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.