Saiba como fazer um e-book para gerar mais conversões

como fazer um e-book

Por Comunicação Liguesite. Postado em 23/10/2018. Última atualização em 30/10/2018.

Tempo estimado de leitura: 10 minutos.

Descobrir em qual etapa do funil de vendas o seu lead está é fundamental para oferecer a solução certa e aumentar as chances de convertê-lo em cliente. Nesse contexto, saber como fazer um e-book e demais materiais, como planilhas, infográficos e modelos de documentos que atraiam o interesse do seu público é uma estratégia indispensável para tornar o inbound marketing da empresa mais eficiente.

Para aliar o livro digital ao funil de vendas é necessário conhecer as reais dores do potencial cliente e quais são as suas principais objeções para tomar a decisão final. Isso significa que o material deve ser preparado com base em uma jornada de compra.

Como são mais completos que um blog post, os e-books têm a finalidade de educar a sua audiência sobre a empresa e que tipo de problema ela pode resolver por meio dos seus produtos.

A partir dessa ferramenta, você entrega valor para o leitor, o que contribui para ressaltar a sua autoridade no assunto e, consequentemente, eleva as chances de fechar negócio. Quer aproveitar os benefícios desse material? Confira, abaixo, como fazer um e-book para converter os seus leads!

CONTINUAR LENDO

O que um e-book deve ter?

O e-book é definido como um livro eletrônico elaborado para ser publicado na internet e baixado pelas pessoas que se interessam pelo tema, sendo responsável por levar informação de uma forma prática e objetiva.

Trata-se de um arquivo composto por textos que podem ser apresentados de diferentes formas. Contudo, é importante que esse modelo de livro siga alguns padrões que garantem tanto uma melhor apresentação quanto uma concretização do seu objetivo.  Por isso, no seu e-book não podem faltar os itens que listamos abaixo. Acompanhe!

Capa, título, índice e texto

Assim como nos livros impressos, o modelo virtual também precisa de uma capa que informe o leitor sobre o conteúdo que encontrará ao abrir as suas páginas. Comece com um título que represente com exatidão o tema proposto acompanhado de uma imagem.

Em seguida, é necessário elaborar um índice que permita ao leitor ir direito ao ponto. Dessa forma, é possível ir até o capítulo do seu interesse e iniciar a leitura rapidamente.

O texto deverá ser preparado com uma linguagem compatível com a do seu público-alvo. A escolha dos termos empregados e a definição do nível de formalidade ou informalidade são imprescindíveis para o sucesso do material. A empresa tem que, literalmente, falar a língua dos seus potenciais clientes. Também é recomendado escrever de maneira clara e direta para que o texto fique enxuto e informativo.

Texto redimensionável

O redimensionamento do texto consiste em reorganizar o tamanho e a quantidade do texto disposto em cada página, conforme a tela em que será lido. Isso possibilita ao leitor acessar o conteúdo não só pelo computador, mas também pelo smartphone e tablet.

Esse quesito é importante principalmente para os e-books disponibilizados no formato PDF. Quando a tela é menor que o tamanho A4, pode-se diminuir o zoom ou descer a barra da página. Mas, em dispositivos móveis, geralmente o número de páginas é alterado, para que o usuário veja toda ela em uma tela. Se o PDF não permitir esse recurso, a leitura do livro fica comprometida.

Como fazer um e-book?

À primeira vista, a criação de um e-book pode parecer complexa, mas com alguns passos simples, você é capaz de construir um material de ótima qualidade. Veja como fazê-lo!

Escolha o assunto

A escolha errada do tema a ser tratado no livro online pode fazer com que toda a estratégia de inbound marketing vá por água abaixo. Em primeiro lugar, é preciso pesquisar o seu público-alvo para compreender qual a relação que ele tem com a sua marca e o que ele espera disso.

Com base nesses dados, você entende qual é o maior problema que os clientes potenciais enfrentam. Depois, transforme-o em uma pergunta. O assunto vai ser, basicamente, a resposta para o material.

Estabeleça a estrutura do e-book

Após a seleção do assunto, enumere todos os tópicos que são necessários para trabalhá-lo. Cada item será um capítulo e, sempre que for preciso, faça divisões dessas unidades de informações e outras menores, definindo-os como subtítulos, e assim por diante.

Não há um número mínimo ou máximo de capítulos em um e-book, o importante é detalhar o assunto e solucionar as dúvidas do leitor.

Introdução

A introdução é o primeiro contato com o público. Logo, ela deve apresentar o tema de forma interessante, estimulando a leitura completa do material. Essa parte deve ser escrita por último, pois explica o que ele encontrará no restante da obra.

Transforme artigos em capítulos

Para dar um caráter mais didático ao livro virtual, cada capítulo deve ser representado por um artigo. Com isso, pode-se iniciar e fechar uma ideia, de modo que o leitor vá solucionando os seus problemas e se convencendo de adquirir o seu serviço ao longo da leitura.

Quer ajuda para criar seu e-book? Nós ligamos para você!

O que oferecer em cada etapa do funil de vendas?

funil de vendas

Explicado como fazer um e-book, agora é a vez de se preocupar com as etapas do funil de vendas.

funil de vendas mostra a trajetória de um usuário comum até se interessar, comprar e ser um defensor da marca. O planejamento de conteúdo deve considerar cada etapa do funil, tendo em vista que em cada etapa o potencial consumidor tem uma mentalidade diferente, logo as informações que ele busca também são distintas.

Na entrada do funil está a maior quantidade de pessoas, que chegam ao site da empresa por meio de resultados de pesquisas na internet. Aqui, os leitores ainda estão poucos interessados no seu produto. Por isso, recomenda-se falar sobre os prós de ter o serviço e os contras de não o ter, mostrando dados de pesquisas e infográficos.

O meio do funil concentra aqueles que sabem que têm um problema e estão em busca de uma solução. Para esse público, é indicado produzir e-book no estilo guia completo, como ‘’Como vender mais na internet’’.

No fundo do funil encontra-se quem está muito próximo de ser um consumidor, pois está considerando o seu produto como uma solução. Portanto, o conteúdo deve ser voltado para a consideração, fornecendo informações que o ajude a se convencer de que está tomando a decisão certa.

Agora que você sabe como fazer um e-book, já está preparado para colocar a mão na massa e iniciar a conversão do seu potencial consumidor.

Precisa de inspiração? Conheça os e-books da Liguesite e veja como isso funciona na prática!

Se você quer impulsionar seu negócio, saiba que não está sozinho, pois a Liguesite está à disposição para ajudar você e seu negócio a alcançar o sucesso com estratégias eficientes. Entre em contato conosco hoje mesmo e dê o primeiro passo!

Gostou do nosso artigo sobre como fazer um e-book? Então acompanhe nosso trabalho nas redes sociais e confira muitos outros conteúdos exclusivos: estamos no Facebook, no LinkedIn, no Google+ ou no YouTube!

A missão das Franquias de Sucesso é juntos conectar pessoas ao seu negócio por meio da internet!

Seja estratégico, conecte-se.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

[email protected]

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.