O que é empreendedorismo digital e como entrar nessa onda?

empreendedorismo digital

Por Artigo de Wallace Castro. Postado em 23/11/2017. Última atualização em 23/11/2017.

Tempo estimado de leitura: 23 minutos.

Para adquirir um produto ou contratar um serviço hoje, o consumidor não precisa de mais do que alguns cliques.

Essa é uma realidade possível graças ao empreendedorismo digital, que trouxe uma infinidade de produtos e serviços para perto do cliente, garantindo mais comodidade e variedade para todos.

Se no começo essa relação comercial mediada pelo ambiente online deixava muitos consumidores desconfiados, isso mudou completamente.

Agora, grande parte dos clientes sabe que, com alguns cuidados básicos, é possível conseguir o produto que ele deseja, por um preço atrativo e sem surpresas desagradáveis.

Você ainda não sabe como funciona o empreendedorismo digital ou por que ele pode ser uma opção de negócio rentável?

Quer entender quais são as opções deste mercado e como procurar alternativas seguras?

Pois é sobre o empreendedorismo digital que falaremos neste post.

Continue a leitura e confira!

CONTINUAR LENDO

O empreendedorismo digital é uma boa oportunidade?

Antes de começar, vamos fazer um alerta muito importante: quem vai responder essa pergunta não somos nós, é você!

A seguir, vamos apresentar alguns dados sobre este mercado para que você, leitor, tire suas próprias conclusões.

A primeira coisa que precisamos saber é que o mercado mudou bastante.

Se antes buscávamos as lojas mais próximas ou algumas opções nos grandes centros quando desejávamos um produto, hoje o hábito de compra das pessoas é completamente diferente.

Para se ter uma ideia, 93% dos processos de compra começam com uma busca pela internet.

Isso quer dizer que, mesmo quando o consumidor vai a uma loja física, provavelmente ele pesquisou na web antes e descobriu tudo sobre o produto, a marca, as avaliações de outros clientes e os estabelecimentos que oferecem os menores preços.

É fato que nem todas essas pessoas compram pela internet, mas essa é uma tendência que está mudando.

Para você ter uma ideia, o Brasil representa 59% das transações em e-commerce realizadas na América Latina.

Veja mais alguns números que mostram como a internet mudou as relações de consumo:

  • 91% dos consumidores brasileiros já utilizaram o comércio virtual para comprar produtos ou serviços pelo menos uma vez;
  • mais da metade dos consumidores (54%) já consultaram os comentários de outros clientes antes de comprar um produto ou serviço, como parte do processo de tomada de decisão;
  • 38% dos brasileiros fazem compras online mensalmente, mas apenas 30% compram em lojas físicas com a mesma frequência;
  • as vendas online crescem a cada ano. Em 2015, o faturamento do segmento foi de R$ 41 bilhões, 15% maior que o de 2014. Já em 2016, esse número foi de R$ 44 bilhões, enquanto a previsão para 2017 é de R$ 49,7 bilhões
  • um empreendimento digital exige investimentos menores. Afinal, não é necessário ter muitos funcionários, mobília, equipamentos ou uma estrutura física complexa.
  • muitas lojas físicas estão fechando nos Estados Unidos (e ao redor do mundo), e não devido a qualquer crise financeira. Esses estabelecimentos estão simplesmente perdendo seus clientes para o comércio digital;
  • enquanto as lojas físicas estão fechando, o e-commerce cresce: se você realizar uma busca no Google com os termos “comércio eletrônico fechando”, encontrará dados estatísticos mostrando praticamente apenas resultados positivos do segmento.

Se antes você não sabia responder a pergunta que iniciou este tópico, agora você chegou à conclusão de que o empreendedorismo digital é uma excelente oportunidade!

O que é empreendedorismo digital?

Como você viu, este mercado é promissor e traz excelentes oportunidades ao empreendedor.

Mas que tal entender melhor esse conceito?

Empreendedorismo digital é o desenvolvimento de um modelo de negócios no qual a maior parte dos processos (ou todos eles) são realizados no espaço virtual, oferecendo produtos e serviços 24 horas por dia para clientes em qualquer localidade.

Há muitos tipos de empreendimentos digitais: pode ser uma loja virtual, um serviço oferecido online, um curso online, uma plataforma para contatar prestadores de serviços em uma determinada área, um blog com conteúdos, um portal de cursos, enfim: as possibilidades são muitas!

Como falamos, algumas vezes o produto é real, mas o espaço para comercialização é virtual.

Por isso, você pode comprar uma roupa, um perfume, um relógio ou uma televisão em um e-commerce e ela será entregue na sua casa.

Outras vezes, o serviço é consumido via internet, sem nenhum objeto físico.

Um exemplo são as plataformas de streaming: o pagamento de uma mensalidade ou de um produto que permite que o cliente assista vídeos ou acesse jogos.

O mesmo acontece com cursos online, processos de coaching, consultas com profissionais, etc.

Produtos oferecidos no empreendedorismo digital

Outra diferença diz respeito ao produto oferecido.

Sua empresa pode comercializar mercadorias fornecidas por terceiros. Outra opção é desenvolver um produto próprio, baseado em sua experiência e conhecimento pessoal.

As opções para oferecer os produtos também são várias: sites, blogs, plataformas de e-commerce, marketplaces, lista de e-mails e links patrocinados, entre outras.

Nem todos os empreendimentos digitais trazem ideias de negócios inovadores. Se isso acontecer, essa é uma grande vantagem. Porém, na maioria das vezes, o importante é conseguir atender às necessidades e expectativas do seu público-alvo.

Quais são as vantagens do empreendedorismo digital?

Na verdade, são muitas!

Nosso espaço seria curto para tratar de tantos tópicos, mas vamos te contar quais são os principais:

Corresponde as necessidades do consumidor conectado

Hoje, praticamente todas as pessoas estão conectadas.

Além disso, com o dia a dia agitado, elas preferem serviços cômodos, que atendam às suas necessidades sem deslocamento.

O novo consumidor 3.0 quer comprar pela internet, pois isso representa variedade e facilidade.

Exige custos menores para a implantação

Um negócio físico custa cada vez mais caro: locação do espaço, adaptação da estrutura física, equipamento e mobília, contratação de pessoal, despesas administrativas e muito mais.

Por outro lado, um empreendimento digital não tem essa desvantagem.

A situação varia de acordo com a atividade escolhida, mas, de modo geral, o negócio virtual elimina a maioria dessas despesas ou as reduz consideravelmente.

Seja físico ou digital o empreendedorismo é um sonho do Brasileiro.

Pode alcançar o mundo inteiro

Um negócio local provavelmente atenderá apenas a sua vizinhança. Afinal, muitas pessoas evitam deslocamentos e não têm muitos motivos para atravessar a cidade só para comprar um sapato que podem encontrar em outras lojas próximas.

Já o negócio virtual, como você viu, alcança o mundo inteiro. Assim, um consumidor que vive em outra região, estado ou país pode se interessar pela sua oferta e concretizar a compra com eficiência.

Não há limitações de tempo

Os custos de manter uma loja física aberta 24 horas por dia seriam imensos.

Isso sem contar as questões legais, trabalhistas e de segurança que seriam envolvidas.

O mesmo não acontece com o comércio eletrônico: ele consegue captar clientes 24 horas por dia, 7 dias por semana e em qualquer lugar do mundo, funcionando inclusive em horários atípicos.

É mais fácil começar com menos recursos

A ideia do negócio pode ser testada e aprimorada gradualmente.

Assim, o empreendedor descobre o que realmente funciona e vai aumentando o investimento aos poucos, de acordo com o resultado obtido pelo negócio.

Veja o caso de uma microfranquia digital home based que faturou 50 mil em um mês!

As decisões são mais ágeis

A interação com o público e concorrentes é mais rápida e direta.

Dessa forma, o gestor tem as informações necessárias para tomar decisões e estabelecer medidas rápidas para adequar a proposta do empreendimento às necessidades dos clientes.

Como se tornar um empreendedor digital?

Há muitas oportunidades no mercado, e especialistas afirmam que o Brasil é um mercado que ainda pode crescer muito neste segmento. Veja a seguir como escolher a melhor opção:

Escolha seu nicho de mercado e meio

Uma boa dica para começar é pensar em seus conhecimentos, talentos, interesses ou hobbies.

Além de tornar o trabalho mais prazeroso, a sua chance de se destacar será muito maior.

A partir daí, escolha o principal meio que utilizará para captar clientes, como loja virtual, site, blog e muitas outras possibilidades.

Pode ter certeza de que o resultado é promissor, mas será necessário trabalhar bastante para conquistar sua audiência.

Adquira conhecimento e profissionalize-se

O empreendedorismo digital é uma fonte de excelentes oportunidades, mas não faz milagres.

Portanto, não pense que basta criar o seu site para que as vendas aconteçam num passe de mágica.

Profissionalize-se e entenda que existem técnicas para alcançar bons resultados.

Você precisa entender como funciona o processo de conquista do cliente, o funil de vendas, atração e nutrição de leads, os recursos que podem ser usados para transformar interesse em compras, etc.

Pense a médio e longo prazo

Se você pretende ter um negócio sustentável a médio e longo prazo, não faça qualquer coisa por dinheiro.

Avalie os produtos que vai oferecer aos clientes com critério para não perder a sua clientela.

Busque alternativas seguras

Além de oferecer espaço para quem já imagina qual negócio pretende montar, o meio virtual também tem opções já testadas e reconhecidas. Um exemplo são as franquias digitais.

A franquia é uma maneira de possuir um negócio próprio, mas que não começa do zero.

Existem vantagens neste método, como:

Esses diferenciais são muito importantes para o empreendedorismo digital.

Afinal, é muito mais fácil encontrar o destino quando recebemos um mapa traçado, com todas as indicações para seguir a rota com segurança e sucesso, certo? Pois é isso que o sistema de franquias faz!

Se você tiver interesse participe do nosso Treinamento Gratuito sobre Franchising.

E quanto às franquias de marketing digital?

Nada melhor do que explorar um nicho de mercado que cresce a cada dia.

O marketing digital é um segmento cheio de oportunidades, pois abriu as portas da publicidade para empresas de todos os tamanhos.

Até pouco tempo atrás, as agências de publicidade utilizavam espaços tradicionais caríssimos — TV, rádio, jornais, revistas e outdoors —, e só conseguiam captar clientes com orçamentos bastante altos. Hoje, porém, a realidade é diferente.

O marketing digital é muito importante para as grandes empresas, mas é essencial para as pequenas e de médio porte — justamente aquelas que predominam no país.

Portanto, cada porta de comércio, cada pequena indústria e mesmo outros e-commerces são seus clientes em potencial.

O que faz uma franquia de marketing digital?

Trata-se de um empreendimento no qual o franqueado se torna um consultor de marketing digital.

Seu papel será desenvolver uma estratégia que envolve a produção de campanhas direcionadas a divulgar o negócio do cliente ou atender seus objetivos.

Portanto, esse consultor criará projetos para a criação de sites, lojas virtuais, blogs, portais, gestão de anúncios (AdWords) e criação de conteúdo para o cliente.

Seu objetivo será fazer o negócio ser visto na internet, melhorar o relacionamento da marca com o público-alvo, aumentar as taxas de conversão em e-commerces, por exemplo.

Além de uma excelente oportunidade — já que o mercado para esse tipo de negócio é enorme —, esse também é um trabalho desafiador e interessante. Afinal, os clientes precisam de uma solução padronizada.

O consultor precisa entender qual é o público-alvo da empresa e desenvolver um projeto de acordo com essas características: uma marca jovem vai exigir uma abordagem mais “descolada”, enquanto uma marca tradicional precisará de uma campanha que transmita valores como credibilidade, experiência, estilo, etc.

Entre as principais vantagens desta franquia, podemos destacar:

  • um processo já testado em mais de 20 mil projetos;
  • o nome de uma marca já estabelecida no mercado;
  • apoio e treinamento da franquia;
  • um mercado extremamente promissor e carente de profissionais;
  • previsão de um crescimento ainda maior nas oportunidades, visto que o marketing digital vai se tornar cada vez mais necessário;
  • possibilidade de combinar conhecimento e criatividade de forma inovadora;
  • necessidade de uma estrutura mínima para o funcionamento;
  • investimento reduzido, já que as plataformas e ferramentas já estão inclusas nos serviços contratados;
  • possibilidade de realizar grande parte do trabalho em sua própria casa (home office ou home based); a criação de um endereço para receber os clientes é opcional.

Ficou interessado em todos os benefícios? Então descubra a seguir como aproveitar essa oportunidade!

Como se tornar um empreendedor da área de marketing digital?

Analise a sua aptidão para a área

Entenda qual é o seu perfil pessoal e comportamental, bem como seus objetivos de carreira.

Isso vai ajudá-lo a avaliar se esse tipo de negócio pode realiza-lo profissionalmente e trazer um bom retorno financeiro.

Estude e profissionalize-se

A maioria dessas franquias não exige que você tenha uma graduação na área.

No entanto, é preciso ter vontade de aprender sempre.

Além do treinamento completo que será oferecido, o profissional do segmento precisa se manter constantemente atualizado.

Avalie a proposta da empresa

Entenda como a franquia funciona e quais são as exigências da franqueadora.

Descubra como são os processos, os serviços oferecidos e suas chances de sucesso.

Verifique também se você tem o capital necessário à disposição.

Para que tudo saia como o planejado, é fundamental recorrer a empresas confiáveis.

A Liguesite, por exemplo, é uma franquia muito conhecida no mercado: mais de 100 franqueados já fazem parte desta rede, que tem ajudado seus clientes a conquistar espaço no mundo virtual e seus franqueados a realizar o sonho de ter um negócio bem-sucedido.

Quer conhecer mais sobre franquias? Então veja agora tudo o que precisa saber!

Gostou do nosso artigo sobre empreendedorismo digital? Então curta nossa página do Facebook ou LinkedIn, e tenha sempre informações como essa ao seu alcance.

Se você precisar de ajuda para abrir o seu próprio negócio, para ter mais segurança, liberdade e crescer, ou simplesmente deseja para escolher a melhor franquia para investir, fique à vontade para falar conosco.

A missão das Franquias de Sucesso Liguesite é qualificarmos os empreendedores das nossas franquias para que ofereçam as melhores soluções digitais do mercado, fazendo com que produtos, serviços e marcas sejam encontradas por quem as procura.

Somos conectados e conectamos pessoas, via internet.

Seja estratégico, conecte-se.

Aficionado por empreendedorismo, graduado em Tecnologia, Marketing e Economia, já geriu áreas comerciais de diversas empresas de tecnologia, participa como voluntário do ITFB e ICM, atualmente é o Diretor Comercial e Marketing da rede de Franquias Liguesite.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

[email protected]

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.