O marketing digital nos dias de hoje é essencial para qualquer tipo de negócio. Independentemente da área de atuação, estar na internet com um bom site, investir em técnicas de SEO, apostar no Google AdWords e na presença nas redes sociais é primordial, inclusive pelo Facebook Ads.

Afinal, o comportamento do consumidor não é mais o mesmo de anos atrás.
Hoje em dia, antes de tomar qualquer decisão de compra, as pessoas fazem uma boa busca online, procurando por informações técnicas dos produtos e serviços e claro, as avaliações de outros consumidores.

E não há melhor lugar para encontrar todas as informações ao mesmo tempo do que em uma boa rede social, não é mesmo?

Por lá, é possível se comunicar com amigos e conhecidos, descobrir novidades, ficar por dentro de eventos sociais e ainda, desenvolver um relacionamento próximo e ativo com as marcas e empresas que fazem parte de sua vida.

Há diversas redes sociais disponíveis, Facebook, Twitter, Snapchat e por aí vai. O Facebook é a atualmente a maior rede social do mundo, e no Brasil, coleciona dados impressionantes.

Segundo levantamento do próprio site, cerca de 45% da população brasileira, conecta-se no Facebook e navega pelas suas páginas mensalmente.

Por dia, 62 milhões de brasileiros acessam a plataforma, compartilhando, curtindo e interagindo com muitas pessoas ao mesmo tempo.

De todos estes acessos, 50 milhões são realizados através de dispositivos móveis. Isto é, por smartphones, tablets e notebooks.

Ou seja, uma quantidade de pessoas que dificilmente poderiam ser alcançadas em outros meios de comunicação. Por isso, empresas e marcas em geral apostam na ferramenta e têm investido pesado para manter a presença online neste local.

E seu negócio? Está presente no Facebook? E se sua marca está por lá, será que realmente está conseguindo tirar o máximo de proveito?

Neste artigo, desenvolvido pelas Franquias de Marketing Digital, você vai saber porque.
Iremos abordar todas as características da maior redes social do planeta e indicar quais as melhores formas de conquistar o máximo em resultado para sua empresa.

Aprenda tudo a respeito da presença no Facebook, as diferenças entre ter um perfil e uma fanpage, quais as dicas para melhorar ainda mais a sua relação com seus consumidores e finalmente, tudo que sempre quis saber sobre o Facebook Ads.

Veja a seguir, coloque tudo em prática e conquiste o máximo em lucratividade.

Boa leitura!



CONTINUAR LENDO

Facebook por onde começar? Crie uma persona

Antes de sair abrindo um perfil e uma conta no Facebook ou no próprio Facebook Ads, comece fazendo uma avaliação profunda.

Pesquise a respeito do público-alvo que deseja conquistar e faça uma análise sobre como seus principais concorrentes se comunicam.
Uma boa forma de acertar em cheio na comunicação, inclusive com relação à escolha dos canais e a linguagem que deve ser utilizada é criar uma persona.

Uma persona nada mais é do que a personificação de seu público-alvo. Ou seja, cria-se um personagem que representa em cheio o tipo de pessoas que deseja atingir.

Imagine por exemplo que você deseja atingir mulheres independentes, com um bom índice de escolaridade, mães e que tenham um bom rendimento mensal.

Crie um nome para sua persona, onde mora, mais ou menos o quanto ganha mensalmente e como se sente com relação à família e suas relações de consumo.

Esta técnica ajuda a acertar em cheio os comportamentos, desejos e necessidades e então, selecionar a melhor forma de atingir seus clientes potenciais.

Além de ser interessante para a divulgação de sua marca como um todo, este exercício traz ainda mais vantagens para quem deseja anunciar no Facebook Ads, já que a ferramenta oferece uma segmentação extremamente profunda, como verá no decorrer deste material.

Aplique o conceito de funil de vendas até no Facebook

Este conceito vai te ajudar muito na hora de definir como vai se dar sua comunicação e sua atitude na rede social, mas vai ser um excelente método para chegar aos melhores anúncios possíveis no Facebook Ads.

Como um gestor ou empreendedor, provavelmente já ouviu falar a respeito da teoria do funil de vendas.

Funil de Vendas

Trata-se de um método para alcançar clientes e conseguir gerar leads (possíveis clientes) qualificados para seu negócio, baseados na produção de conteúdo e não somente propaganda propriamente dita. O próprio nome já indica mais ou menos como funciona.

A princípio, assim como em um funil, você será capaz de alcançar um grande número de pessoas. Isso acontece principalmente com negócios novos ou que estão começando a aprender a respeito de uma nova forma de se comunicar.

O funil de vendas, funciona assim: Com o passar do tempo, vai afinando as estratégias, conhecendo melhor quais são os interesses específicos, até chegar aos clientes que realmente irão realizar a compra.

Nesta teoria, tudo acontece em três etapas distintas:

1. Topo do Funil
2. Meio do Funil
3. Fundo do Funil

A fase do topo do funil, é aquela na qual você publica, divulga e trabalha para conseguir o maior número de acessos possível para seu negócio e neste caso seu site ou loja virtual.

Aí entram todas as estratégias de SEO, o conteúdo publicado em um blog dentro de sua página, o restante da publicidade em si. Isto é, tudo que é feito de forma mais generalista, focado somente para atrair o maior número de pessoas possível.

Esta etapa é muito importante, e o quanto mais pessoas você atrair, mais chances terá de efetuar as vendas.

De forma geral, podemos dizer que é o momento do primeiro contato com seu negócio, site ou loja virtual. Quando ele descobre o que sua loja ou site tem para oferecer.

Em seguida, no meio do funil, é o momento no qual você começa a deixar sua comunicação ainda mais específica afunilando conteúdos e lança mão de técnicas que garantem a aproximação do seu consumidor para a compra.

É a hora na qual seu cliente busca encontrar uma solução para a necessidade que ele possui. Aqui, o SEO e os anúncios de links patrocinados no Google AdWords ou Facebook Ads se fazem ainda mais importantes.

Afinal, se você acertar em cheio as palavras utilizadas, o texto do anúncio e a landing page, tem a probabilidade imensa de conseguir levar este cliente para o fundo do funil, onde a venda é efetivada.

Por último, temos o fundo do funil. Neste momento, seu cliente já foi impactado pela sua comunicação, já procurou os canais onde pode ter suas satisfações atendidas e começa a fazer comparações. Aqui ainda usa-se técnicas de conteúdo, Google AdWords e outras próprias para a etapa.

Por isso, aposte em páginas de produtos eficazes, gere valor em seus conteúdos e garanta uma proposta irresistível, valorize os clientes que sempre voltam, através de ferramentas de fidelização e pós venda.

Você conhece o Funil de Vendas AIDA? Pode ser uma opção para seu Funil.

O conceito de marketing AIDA, pode ser também chamado de funil de vendas. Ele foi desenvolvido e publicado pela primeira vez em 1925, pelo autor que é considerado o papa do marketing, Philip Kotler.

Ou seja, não é algo muito novo, mas que se adapta tão bem ao universo do marketing digital, que novamente voltou à tona.

Também é possível aplicar o conceito AIDA nas estratégias que envolvem o Facebook Ads.

Funil de Vendas AIDA

Modelo AIDA, aplica-se as seguintes fases para atrair consumidores e conquistar mais venda:

A – Atenção – através da propaganda, da publicidade ou no caso do marketing digital, a publicação e divulgação de conteúdo relevante.

I – Interesse – acontece a partir da manutenção do conteúdo em sua marca ou produto, falando a respeito dos atributos, das vantagens e quais necessidades atende.

O conteúdo também funciona nesta etapa, pois ajuda a manter o consumidor sempre por perto.

D – Desejo – neste momento é preciso criar a vontade de compra. Neste momento, todas as armas devem ser utilizadas para que a compra seja efetivada, como por exemplo lançar mão de promoções, novidades, lançamentos e claro, apostar em ações de marketing de fidelidade que deixem sua marca mais interessante que os concorrentes.

A – Ação – quando a compra realmente é efetivada. É preciso facilitar este processo sempre, oferecendo páginas de produtos bastante completas, botões de compra visíveis e formas facilitadas de pagamento.

bonus funil de vendas aida

Análise SWOT

Depois que você pesquisar a fundo seu público-alvo, criar sua persona e conhecer o conceito de funil de vendas e AIDA, chegou a hora de fazer uma análise SWOT do seu negócio.

Indica-se aplicar a técnica de análise SWOT antes de começar a publicar no Facebook Ads, para ter uma noção melhor dos passos que devem ser dados.

Além disso, a análise SWOT é uma ferramenta primordial, que deve ser aplicada toda vez que se fizer um novo planejamento, definir uma nova meta ou objetivo. Já conhece análise SWOT?

Veja a seguir do que se trata e como aplicar em sua empresa

A análise SWOT é a sigla para as palavras em inglês:

  • Strengths – Forças
  • Weaknesses – Fraquezas
  • Opportunities – Oportunidades
  • Threats – Ameaças

Por isso muitos estudiosos brasileiros também costumam chamar de FOFA.

Ou seja, é uma análise que pode ser feita rapidamente, antes da tomada de qualquer decisão de gestão, já que ajuda a avaliar quais são os pontos positivos e negativos e quais os cuidados devem ser tomados durante as ações.

Por isso, indica-se também fazer uma pequena análise SWOT do seu negócio, antes de começar a publicar anúncios através da ferramenta do Facebook Ads.

Mas atenção! Os primeiros dois pontos, as forças e as fraquezas dizem respeito ao seu negócio especificamente. Avalie o que tem de mais forte em seus produtos e serviços e os motivos pelos quais acredita que sua empresa é melhor do os concorrentes.

Em seguida, liste quais são as fraquezas e pontos que podem afetar a decisão de compra. Este tipo de exercício ajuda inclusive, a prevenir possíveis problemas que podem ser evitados.

Por exemplo, imagine que você não tem capacidade de entrega em todo o país por enquanto. Se não se atentar para este problema, poderá correr riscos ao divulgar nacionalmente. O mesmo pode ocorrer com o tamanho do seu estoque.

Se sua empresa não tem muita possibilidade de ter um estoque grande e não tiver agilidade na reposição dele, pode ter dificuldades na entrega.

Depois, é chegada a hora de avaliar o mercado, o cenário no qual o seu negócio está inserido ou pode atuar. Aí sim você avalia quais são as oportunidades e as ameaças.

As oportunidades podem estar ali sem que você nunca tivesse percebido. Como por exemplo descobrir que um nicho de mercado se forma,que pode ser atendido por seus produtos e ainda não está sendo muito explorado.

Da mesma forma, liste também as ameaças, que podem ser referentes as alterações do mercado, custos e ações dos concorrentes. Como assim?

Ora, imagine que você vende um produto importado e não tem muito dele em estoque. Se seus anúncios no Facebook Ads fizerem muito sucesso, vai precisar realizar uma nova compra.

Até aí, tudo bem se conseguir entregar com certa agilidade. Mas o problema é o custo. Afinal, os preços dos produtos importados são baseados em dólar e a moeda pode sofrer alterações muito rapidamente, diminuindo ou até acabando com a sua lucratividade.

Portanto, se você ainda não faz uso da ferramenta da análise SWOT no seu cotidiano, comece a colocar em prática agora mesmo.

Assim, vai ficar muito mais preparado para qualquer ação que tomar em sua empresa, conquistando chances cada vez maiores de sucesso.

Agora que você fez um pente fino, avaliou e analisou a sua realidade, o mercado e conheceu a fundo quais são as necessidades e desejos do seu público-alvo, finalmente chegou a hora de colocar a mão na massa.

Isso significa que finalmente você vai descobrir como aproveitar os benefícios que uma das estratégias de marketing digital mais representam para os negócios atualmente, a ferramenta de anúncios da maior rede social do planeta, o Facebook Ads.

Então preste atenção e mãos à obra!

Facebook

Mesmo que você seja um usuário do Facebook, leia o passo a passo a seguir. Separamos para você como abrir uma página exclusiva para seu negócio, levando em consideração as dicas dos maiores especialistas em marketing digital do país, as Franquias de Marketing Digital Liguesite.

Como abrir Facebook

Vamos lá. Comece pelo mais fácil, acessando a página do Facebook. Se você já tem um perfil pessoal, esqueça por enquanto e não faça o login.

Afinal, o ideal é deixar a experiência de seus consumidores cada vez mais profissional e misturar o perfil pessoal com o da empresa é um dos erros mais comuns praticados por novos empreendedores ou gestores que tem pouca experiência no universo online.

Ainda na página inicial, você verá o local para inserir o login e um grande destaque para criar uma nova conta. Se você não possui um perfil pessoal, primeiro, crie uma conta para você.

Criar Facebook

Inclua nome, dados, fotos e preencha como desejar. Neste momento, não precisa colocar nenhuma informação do seu negócio, pois esta não será a página pela qual você vai divulgar a sua empresa.

Diferença entre Perfil e Fan Page

Muitas pessoas se confundem com um perfil e uma fan page.

Os perfis são voltados para os usuários e por isso possuem características diferentes.

As fan page foram criadas especificamente para serem utilizadas por empresas e negócios. Elas possuem diferentes funcionalidades e vantagens.

Aliás, segundo as normas de uso do Facebook, é proibido que empresas e negócios utilizem os perfis como forma de comunicação. Caso o Facebook descubra ou receber alguma notificação, poderá até deletar o perfil ou entrar em contato solicitando que seja corrigido.

Como Criar uma Página

Uma página é uma fan page, diferente de um perfil, como explicamos anteriormente.

Agora que você já tem um página, saia do Facebook e acesse novamente a página inicial. Logo abaixo do formulário pra criação de conta, você encontrará um link que diz: Criar página para Celebridade, Banda ou Empresa.

Clique neste link. Você será levado para uma página com vários quadros. Decida qual deles mais se aproxima com o seu negócio e clique.

Abrirá portanto um novo formulário, no qual você deverá escolher a categoria do seu negócio, colocar endereço, cidade e número de telefone. Preencha tudo com detalhes.

Ao clicar em Começar, você será solicitado a fazer o login. Clique em entrar, insira seu login de usuário e senha. Lembre-se que vai precisar colocar os dados do seu perfil pessoal aqui.

Não se preocupe neste momento, se mais pessoas precisarão acessar esta página em sua empresa, pois você poderá incluir diferentes administradores, como será explicado mais à frente.

Depois que preencher o primeiro formulário, será levado à uma nova página, onde mais informações precisarão ser preenchidas.

Faça isso com calma e tranquilidade e insira tudo que for possível. Não se preocupe que poderá alterar tudo isso, sempre que desejar. Com exceção do nome da página.

Inclua uma boa foto de perfil. Lembre-se que não é sua página pessoal e sim a da sua empresa. Portanto como imagem, opte por colocar a logo de seu negócio ou até uma imagem da placa, se tiver uma loja física.

Você ainda pode inserir a página nos seus favoritos, deixando seu acesso mais fácil. Mas tudo fica à seu critério.

Por último, poderá escolher qual o público-alvo que pretende atingir com a página. Por isso a pesquisa que fez anteriormente é importante. Quando chegar neste momento, vai saber melhor que tipo de pessoa deseja atingir.

Quanto mais específico for, melhor. Tudo sempre de acordo com seu objetivo, é claro. Incluir os interesses é uma boa forma de aumentar sua visibilidade na hora de começar a investir no Facebook Ads.

Depois que passar desta fase dos formulários iniciais, será levado à sua página em si. Verá que ela está totalmente vazia, somente com as informações e imagens que colocou.

Tenha um cuidado maior na escolha da imagem de capa. Esta será a primeira imagem que seus clientes verão de seu negócio quando chegarem à este espaço, então capriche. Você pode colocar fotos dos seus produtos, da sua fachada, ou colocar uma arte bonita contendo o slogan da loja.

Tudo que sua identidade visual permitir. Lembre-se de manter sempre as mesmas fontes e cores utilizadas no site, para facilitar o reconhecimento.

Você pode também criar botões exclusivos para sua página, possibilitando que seu cliente faça ligações diretamente pela rede social, ou que seja levado para assistir um vídeo de uma campanha por exemplo.

Este vídeo pode estar embedado diretamente em sua página, no Facebook, ou em seu site. Ambas as escolhas são boas, tudo vai depender do que deseja com este vídeo.

Você vai precisar divulgar sua página para que ela seja encontrada no Facebook. Mas não faça isso antes de publicar pelo menos um conteúdo. Coloque uma imagem, um vídeo e fale que sua empresa agora tem um local no Facebook.

Cuide para que a linguagem seja adequada para o público, levando em consideração as análises que fez anteriormente.

Há uma forma bem fácil e gratuita, de começar a divulgar sua página. Na primeira coluna, à esquerda, ficam localizadas as informações sobre sua página. No início, tudo vai aparecer zerado.

Clique em curtidas. Nesta página, vai aparecer tudo zerado, mas na última coluna, mais à direita, aparecerá a possibilidade de você convidar seus amigos para curtir. Aqui se trata dos amigos do seu perfil pessoal, ok?

Convide todo mundo, avise seus clientes através do seu site, do envio de e-mail marketing e comece a receber seus primeiros visitantes.

Como uma fan page funciona?

Para acessar a sua fanpage e divulgar conteúdo, você vai precisar fazer login no Facebook e acessar o ícone do planeta, no menu superior. Ali vai aparecer o nome da página. Basta clicar e pronto.

Todos os usuários que tiverem sido incluídos por você para administrar, editar ou analisar a página poderão acessar da mesma forma, através de seus próprios perfis pessoais.

Toda vez que alguém curtir sua página ou um conteúdo publicado por você, irá passar a receber as atualizações diretamente no feed de notícias.

Tudo aparece como as postagens dos amigos e portanto, seus clientes poderão interagir com tudo, curtindo, respondendo os posts, comentando e claro, compartilhando.

Quando mais vezes seus clientes interagirem com você, melhor. Então capriche no conteúdo publicado em sua fan page.

Não se esqueça de estar sempre presente, interagindo de volta, respondendo as mensagens e utilizando a página como um importante canal de relacionamento.

Lembre-se também que a frequência é fundamental. Portanto, uma vez que seu negócio está presente na rede social, precisa estar ativo. Não há uma quantidade exata de postagens que pode ser aplicada a qualquer tipo de negócio, mas o ideal é encontrar o bom senso.

Evite publicar muitas vezes em um dia só, a não ser que seu negócio tenha realmente novidades o tempo todo. De forma geral, lojas e estabelecimentos comerciais conseguem bons resultados com postagens diárias, ou no mínimo, 3 vezes por semana.

Tudo vai depender do seu tipo de negócio e forma como o próprio público interage com você. Aproveite para verificar como seus concorrentes costumam publicar, principalmente os mais bem sucedidos, pois este pode ser um bom parâmetro.

Facebook os vídeos na era dos dispositivos móveis

Nessa nova era de oportunidades digitais a bola da vez é a comunicação por vídeo, e a maior rede social do mundo não iria ficar para traz.

Então vai ai algumas dicas:

  • Vídeos com mensagens diretas e curtas
  • Conte histórias
  • Mensure tudo

Depois de executar uma série de testes, o Facebook descobriu que muitos usuários gostam e até preferem que os vídeos sejam reproduzidos automaticamente com som no Feed, é claro esse recurso só ocorre o som do celular estiver ativo.

Outras mudanças que acompanham esta atualização incluem vídeos verticais que se expandem automaticamente para tela cheia, além de ter um vídeo continuado a ser reproduzido na parte inferior da tela, enquanto o usuário continua percorrendo o Feed.

A seguir, veja as respostas para as dúvidas mais comuns entre os empresários e gestores que estão começando a dar os primeiros passos no Facebook:

Facebook entrar direto ou pedir senha?

Evite ao máximo utilizar as ferramentas de entrar direto, ou salvar as senhas. Programe para pedir a senha sempre, assim você protege tanto o seu perfil pessoal quanto do seu negócio.

Não se esqueça também de criar uma boa senha, de preferência composta por números, caracteres especiais e letras maiúsculas e minúsculas.

Diferença dos usuários Administrador, Editor e outros

Lembra que falamos para não se preocupar com a senha do seu perfil? É porque você poderá inserir outros perfis para cuidarem de sua conta, sem que precisem acessar o seu pessoal.

Para isso, acesse o painel de configurações da página, depois clique em funções administrativas, presente no menu esquerdo.

Há as seguintes opções:

  • Administrador – o administrador, ou administradores podem incluir e alterar todos os aspectos da página. Portanto, deixe esta função só com você, ou poucas pessoas de sua total confiança.
  • Editor – pode incluir e retirar mensagens, saber quem postou, compartilhar e interagir com os usuários e tudo que se refere ao conteúdo. Um editor não pode excluir a página e nem mudar configurações importantes.
  • Você poderá incluir quantos editores desejar para cuidarem do cotidiano da fan page de seu negócio.
  • Moderador – pode somente enviar e responder mensagens, ver as publicações que foram realizadas e criar anúncios.
  • Anunciante – pode criar anúncios e visualizar quem publicou as informações. Não pode gerar conteúdo, nem interagir com clientes.
  • Analista – pode somente visualizar quem publicou os conteúdos e as informações disponíveis na página.

De forma geral, indica-se que o administrador seja somente uma pessoa, e os demais que publicam editores. Se sua empresa for grande e tiver pessoas específicas para analisar e anunciar no Facebook Ads, inclua-os na modalidade indicada.

Todas estas pessoas acessam por suas próprias páginas pessoais, e não pela de quem criou a página.

Como excluir o Facebook

Excluir uma página no Facebook é muito simples. Mas lembre-se que se fizer este procedimento, não vai poder acessá-la novamente e nem as informações que foram publicadas.

Por isso, pense bem antes de fazer este passo a passo.

Para excluir uma fanpage, faça o login pessoal e acesse a página. Clique em configurações, Geral e vá até o final da página.

O último item do menu central é “remover Página”. Clique em editar e no link para remover e pronto.

Diferença do Facebook ADS para o Facebook Orgânico

O Facebook Ads ou anúncios do Facebook são o assunto deste nosso artigo e dizem respeito às publicações pagas que você adquire diretamente na ferramenta de anúncios da rede social.

Ele garante uma boa visibilidade e possui um alcance interessante de acordo com as palavras-chave escolhidas e público. Isso sem falar da verba, que também garante um resultado mais interessante.

E por outro lado, temos o Facebook Orgânico. O Facebook, assim como o Google, também garante um alcance orgânico para as postagens de seu negócio. Isto é, quantas pessoas consegue atingir gratuitamente, sem precisar gastar para isso.

O alcance orgânico do Facebook é conquistado toda vez que você publicar alguma coisa em sua página e conseguir que ela seja curtida ou compartilhada pelos seus seguidores.

Afinal, desta maneira, suas publicações conseguem alcançar mais pessoas do que simplesmente aquelas que curtiram sua página ou conteúdo, aumentando a visibilidade significativamente.

O segredo do Facebook Ads portanto, é a escolha correta os termos e do nicho enquanto do orgânico é a qualidade do conteúdo compartilhado entre os seguidores.

Esta portanto é a principal diferença entre eles. O resultado que você consegue com o Facebook Ads é pago, enquanto o orgânico acontece naturalmente.

É claro que o alcance do Orgânico é bem menor que o ADS.

Pilares do Algoritmo do Facebook EdgeRank (Compartilhar, Comentar, Curtir e Clicar)

Conforme já dissemos anteriormente, o Facebook é a rede social mais utilizada no mundo todo e portanto, contém o maior número absoluto de usuários ativos.

Todos os dias, milhões de pessoas acessam a página em busca de informação e contato com amigos, conhecidos e marcas.

Você já se perguntou como que o conteúdo é selecionado? Você tem muito mais amigos do que a quantidade de postagens que aparece em sua linha do tempo. Pode reparar que nem sempre consegue visualizar o conteúdo de tanta gente.

Mas como será que é definido o que será visto em cada linha do tempo? Nada acontece por acaso. O segredo do Facebook é seu algoritmo, o chamado Edgerank.

Portanto, tudo que aparece em sua linha do tempo, curtidas dos amigos, conteúdos, compartilhamentos e até anúncios, passaram antes pelo crivo do Edgerank.

As regras utilizadas por este algoritmo são bastante complexas e claro, nem todas são divulgadas já que se trata do segredo da empresa. Mas de forma geral, sabe-se que são levadas em consideração alguns pontos:

  • Afinidade;
  • Peso; e
  • Depreciação ou Tempo.

Vamos ver se com a imagem abaixo fica mais fácil:

Facebook ADS: Afinidade, Peso, Tempo

Afinidade, conforme o nome já indica, diz respeito com o nível de engajamento que o usuário tem com a página em questão. Ou seja, quanto mais a pessoa curte, compartilha e interage, mais o conteúdo desta página aparecerá em sua linha do tempo.

Isso acontece porque o Facebook preza o seu interesse em primeiro lugar, e toda esta atividade indica que o usuário realmente deseja ser impactado pelo conteúdo publicado por esta ou aquela página.

O peso, se refere a cada uma das ações que o usuário toma. Complicado? Não é, veja só. No Facebook, você pode curtir um post, compartilhar ou comentar. Para o Facebook, quando você comenta, está mais engajado do que quando simplesmente curte e portanto, esta ação possui um peso maior.

Vamos abri um espaço antes de entrarmos Depreciação ou Tempo e ver na imagem abaixo os pesos por suas importâncias:

Facebook ADS: Compartilhar, Comentar, Curtir e Clicar

Então, aquelas páginas que usuários mais compartilham terão maior probabilidade de aparecer na linha do tempo, depois vem comentários terão a maior probabilidade de aparecer na linha do tempo, do que aquelas que somente são curtidas e assim sucessivamente, o ideal é que tenha um mix entre elas mas sempre levando em consideração essa ordem de peso.

E por último, a depreciação, que na verdade tem mais a ver com o tempo de atividade de determinada postagem. Portanto, aparecerão na linha do tempo aquelas postagens que são consideradas mais interessantes também por outras pessoas.

Na prática, isso significa que, se a última interação (curtida, compartilhamento ou comentário) aconteceu há alguns dias atrás, provavelmente esta postagem não irá aparecer na linha do tempo.

Portanto, se você está pensando em ter uma página, garantir que o conteúdo seja relevante para conquistar mais interações (principalmente comentários), ser assíduo nas postagens e conquistar um número grande de fãs é um trabalho diário, constante e que deve ser mantido para garantir um bom resultado no alcance orgânico de suas postagens.

Agora nos testes que realizamos aqui nas Franquias de Marketing Digital Liguesite percebemos que o investimento com dinheiro é o que mais dá resultado. Então vamos tentar exemplificar uma formula mais simples.

Resultados = conhecer o que passamos aqui + conhecer o que passaremos abaixo + investimentos

Como criar grupos do Facebook

Criar grupos no Facebook é uma boa forma de se comunicar com determinados contatos, mas esta funcionalidade só funciona para perfis, ou seja para usuários e não empresas.

Se você deseja criar um grupo em seu perfil pessoal, basta clicar em grupos no menu da lateral esquerda do Facebook.

Mas infelizmente isso não é possível através de uma FanPage, que é a forma oficial de empresas, marcas e negócios se comunicarem a partir da rede social.

Como alterar seu Perfil para uma Fan Page

Neste artigo, você aprendeu que se tem uma marca, uma loja, ou qualquer outro tipo de negócio, pode e deve aproveitar todos os benefícios que uma rede social como o Facebook pode oferecer.

Mas o correto é ter um fanpage e nunca um perfil. Os perfis foram criados para serem utilizados por pessoas físicas e tem um funcionamento que proporciona o relacionamento entre amigos e empresas.

A questão é que muitas empresas não sabiam (muitas ainda não sabem) que era proibido pelo próprio Facebook criar um perfil ao invés de uma fanpage e por isso permite que esta troca aconteça de forma simples e prática.

Se este é o seu caso e deseja migrar de um formato para o outro para não ter problemas no futuro e ainda aproveitar as vantagens, presta atenção que daremos o passo a passo a seguir.

Antes de começar, atenção! Uma vez que esta migração for feita, jamais poderá ser revertida. Ou seja, avalie com cuidado se é isso mesmo que deseja fazer para não se arrepender depois.

Lembre-se que uma fanpage não tem mais amigos. Então, todos os seus amigos serão transformados em fãs. Inclusive os pedidos de amizade que você tem e por algum motivo, não aceitou.

1. Logue em sua conta.

2. Delegue a administração dos perfis para outras pessoas, e fique somente com uma.

Isso não é obrigatório, mas garante que não terá problemas. Alguns usuários relatam que tiveram todas as informações perdidas quando tinham mais de uma conta, por isso, indicamos que isso seja feito por precaução.

3. Faça o Backup.

Mais uma vez, isso não é obrigatório, mas sim, uma precaução. Alguns usuários que fizeram a migração relatam que perderam fotos, vídeos e outros conteúdos que desejam manter. Portanto, salve tudo em outro lugar para postar novamente depois, caso seja necessário.

4. Acesse o link de migração

https://www.facebook.com/pages/create/migrate/

5. Siga o passo a passo indicado na página

Pronto. Agora é só transformar e dar início à uma comunicação mais profissional com seus clientes, fornecedores e parceiros.

Imagens para Facebook

O Facebook é uma rede social que tem como principal ponto a interação e o entretenimento, portanto as imagens possuem um peso maior do que os textos na hora de chamar a atenção das pessoas.

Mas não é toda imagem que pode ser utilizada por lá. Lembre-se ainda, que há diferentes locais para sua empresa inserir imagens na rede:

  • Avatar
  • Capa
  • Postagem

A imagem do avatar é aquela menorzinha, que nos perfis de usuários se referem à foto das pessoas. Para uma empresa, indica-se inserir ali a logo, ou então a placa da loja. Quanto mais simples melhor, já que precisa ter uma boa visualização mesmo em miniatura.

O tamanho máximo de uma imagem para avatar deve ter 168×168 píxels e de preferência, ser totalmente quadrada. É claro que você pode cortar a imagem se necessário, mas o indicado é que seja desenvolvida já no tamanho certo.

A imagem da Capa, deve ser pensada com bastante cuidado. Ela precisa ter tudo a ver com o conceito de sua loja ou marca. Pode ser momentânea, mudando de acordo com campanhas publicitárias, eventos ou momentos do ano, ou fixa.

O tamanho máximo é de 851 píxels x 315 píxels. Lembre-se que esta imagem vai ter duas visualizações. Uma quando a pessoa estiver em sua página e ver a imagem toda e outra quando ver somente o meio dela.

Já as imagens que serão compartilhadas, irão automaticamente ficar no tamanho certo. Mas se você deseja criar uma arte especificamente para este fim, tenha em mente o tamanho 504×504.

Como ganhar curtidas no Facebook

Como vimos anteriormente neste artigo, ganhar curtidas é bastante importante, mas não possui o maior peso para conquistar o máximo em alcance orgânico no Facebook.

Portanto, para conseguir o maior engajamento, sem contar com o Facebook Ads, é preciso focar em um conteúdo relevante e interessante para seu público-alvo. Como fazer isso?

O ideal é evitar ficar somente fazendo propaganda do seu produto ou serviço. Publique novidades sobre sua marca, sobre como utilizar melhor seu produto mas também parta para outros universos.

Aposte em novidades, notícias, poste vídeos e imagens. Aproveite os acontecimentos no mundo real, da internet, publique memes e não se esqueça dadas datas comemorativas. O melhor tipo de postagem é aquela que faz as pessoas interagirem, comentando, curtindo e compartilhando.

Portanto, faça perguntas, peça para que as pessoas respondam e fique pronto para interagir o tempo todo.

Facebook ADS: O que você precisa saber sobre criar campanhas

Agora que você aprendeu tudo sobre o Facebook, criar fapages e posts mais interessantes, chegou a hora de apostar no Facebook Ads.

É importante deixarmos claro que, para criar anúncios você precisa obrigatoriamente ter uma fanpage. Não é possível criar anúncios a partir de perfis normais de usuários.

Há basicamente 2 principais tipos de anúncios:

  • Na linha do tempo
  • Na lateral

Dentro destas opções poderá definir se quer que os anúncios apareçam no desktop, isto é, somente para pessoas que acessam a partir de um computador ou dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

Dentro da própria ferramenta do Facebook Ads você ainda pode anunciar em sites de parceiros em dispositivos móveis ou no Instagram. Mas vamos focar somente nos anúncios dentro da rede social.

Você poderá criar campanhas de acordo com seus objetivos. O principais tipos de campanhas, são:

  • Conversões no site
  • Cliques no site
  • Engajamento na rede social

As campanhas de conversões no site, você deverá implementar sua medição com a inclusão de um píxel. Um píxel, é como o Facebook chama seus códigos que medem os resultados.

Ou seja, você precisa copiar este código em seu dashboard (no site) para verificar se houve ou não a conversão conforme o desejado.

Já as direcionadas para aumentar os cliques no site, são aquelas que você direciona os visitantes para o seu site.

Por último, as de engajamento, que tem o foco de aumentar a visibilidade de postagens realizadas em sua fanpage. Este tipo de campanha é considerado uma das melhores e garante os resultados mais interessantes.

Escolha qual seu objetivo, o tipo de campanha que mais se adequa e finalmente comece a criar seus anúncios, começando pela segmentação.

Segmentação de suas campanhas

O primeiro passo é definir o local onde deseja que seus anúncios sejam veiculados. Pode escolher o país, o estado e até a cidade.

Também poderá escolher a idade do seu público-alvo, o gênero e os idiomas. Tudo de acordo com as pesquisas e com que tipo de pessoa deseja alcançar.

Depois é chegada a hora de segmentar ainda mais, selecionando os interesses e os comportamentos.

Quais os meios de cobrança

Você pode decidir como deseja pagar pelos seus anúncios no Facebook Ads. Por cartão de crédito, Paypal, por algum cupom que tenha recebido ou por Boleto Bancário.

Você pode escolher o quanto vai investir por dia ou por orçamento vitalício, escolhendo um valor fixo que será cobrado mensalmente até que você revogue o contrato.

Lembre-se também de definir se deseja pagar os anúncios pela impressão, pelo clique ou pela forma que achar mais interessante de acordo com suas estratégias.

Cuidados com as Imagens dos Anúncios

Anúncios com imagens costumam ter resultados melhores, mas é preciso ter cuidado. Primeiro atenha-se ao tamanho indicado na própria ferramenta, levando em consideração que precisa ter uma boa visualização.

Uma dica com relação à isso: Imagens que contêm pessoas costumam garantir melhores resultados do que aquelas que possuem somente as imagens dos produtos em si.

Organize suas campanhas

Não crie campanhas, anúncios e grupos de anúncios de forma aleatória. Isso confunde sua mensuração. Mantenha dentro da mesma campanha, anúncios com o mesmo objetivo e nos grupos aqueles que se voltam para o mesmo público.

Com a prática e o conhecimento profundo vai ficar mais fácil organizar bem cada uma de suas campanhas.

O que medir em seus anúncios

A própria ferramenta vai apresentar todos os dados e medições necessárias para saber como está o andamento de suas campanhas.

Verifique no gerenciador de anúncios para descobrir como está o andamento de sua campanha. Tudo vai aparecer com gráficos e dados, em tempo real.

O ideal é manter um olhar sempre atento, gerando relatórios diários e tentando encontrar insights para melhorar seus resultados.

Meça a quantidade de impressões, de cliques e de conversões por campanha, por grupo ou por anúncio.

Você ainda pode ver o desempenho por idade, por interesses e por todas as segmentações que realizou anteriormente.

Atualizar Facebook

Para atualizar Facebook você precisa estar por dentro das mudanças e estratégias que a empresa vem adotando, então vejamos algumas atualizações lançadas.

O Facebook anunciou que diversos tipos de post não receberão mais boost em Ads, 17 ao total, sendo eles:

  • Pronunciamentos políticos
  • Compartilhamento de enquete
  • Compartilhar nota
  • Compartilhamento de comentários
  • Check-ins em um mapa, cidade ou então um restaurante
  • Recomendações de lugares
  • Compartilhamento de momentos culturais
  • Upload ou compartilhamento de arquivos
  • Eventos esportivos
  • Vídeos ou imagens que foram feitos através da câmera do Facebook
  • Comparecimento à eventos
  • Mudança da imagem no perfil

Para nós esses são os principais, quer saber a lista completa? Então veja no site oficial Atualizar Facebook.

O Facebook vem atualizando constantemente seu algoritmo segue algumas atualizados na linha do tempo:

  • Carregamento de sites mais rápidos serão priorizados no feed
    • O Google já usa essa estratégia a tempos e agora o Facebook dará prioridade no Feed para os sites com tempos de carregamento mais rápidos. Estudos mostram que até 40% dos usuários abandonam o site após um atraso de três segundos se a tela ficar completamente branca.
  • Cuidado com o excesso de compartilhamento
    • O Facebook pode não suspender uma conta, mas se você compartilhar mais de 50 artigos de notícias irrelevantes em um dia, o Facebook começará a rebaixar essas postagens.
  • Links para sites de baixa qualidade terão menos prioridade no feed de notícias
    • O Facebook define um site de baixa qualidade: “contendo pouco conteúdo relevante, ou que esteja coberto por anúncios de publicidade irrelevante, chocantes ou maliciosas”.

Vale a pena investir em Facebook Ads?

O Facebook é uma excelente ferramenta para empresas e negócios dos mais diversos tipos. Mas você verá que criar e gerenciar campanhas não é algo muito simples.

As configurações são muitas e as segmentações bastante diversificadas. Portanto, como gestor você tem algumas opções.

Pode dedicar horas para aprender sozinho como criar campanhas e aprender na prática, cometendo erros e investindo errado, contratar alguém pouco experiente que cobre pouco, mas garanta poucos resultados ou contratar um parceiro experiente que realmente compreenda as familiaridades e oferece um serviço superior.

A terceira opção, sem dúvidas é a mais indicada. Se quiser saber mais sobre isso, entre em contato com as Franquias de Marketing Digital.

Encontre a Franquia de Sucesso mais próxima de você.

Criação de site deixa seu negócio mais profissional ainda

Neste artigo você aprendeu tudo a respeito do Facebook Ads, como abrir uma fanpage e conseguir o máximo em resultado com suas postagens, otimizando seus textos, escolhendo melhor as imagens e a estratégias que mais se adaptam com suas necessidades, objetivos e comportamentos do público-alvo.

O Facebook, é sem dúvida um excelente local para melhorar o engajamento de seus clientes com a marca, alcançar novos consumidores e aumentar a lucratividade do seu negócio.

Mas não basta ter somente uma fanpage ou um perfil no Facebook para conseguir aumentar suas vendas, mesmo que você decida por abrir uma loja virtual dentro do Facebook.

Isso acontece porque apesar de ser um excelente canal, o Facebook não foi desenvolvido com este fim e portanto não garante todas as possibilidades que ter um site próprio pode garantir.

Além do mais, empresas e marcas que não possuem um site na internet passam uma imagem um pouco negativa, pouco profissional e ainda correm o risco de não serem encontrados fora da rede social.

Afinal, por mais que grande parte dos brasileiros estejam utilizando a rede social, ainda há uma grande parcela da população que não faz suas buscas no Facebook e prefere os meios tradicionais, mesmo que através da internet.

Por isso, ter um site próprio é fundamental para que sua empresa seja encontrada também nos principais buscadores, como o Google, por exemplo.

Ou seja, o ideal mesmo é estar presente na maior quantidade de frentes possível. Participar do Facebook sem deixar de buscar o desenvolvimento de um site completo e feito exclusivamente para sua empresa. De preferência que tenha uma boa parte institucional, apresentando seu negócio para novos mercados e aumentando a credibilidade, uma boa loja virtual, com todas as ferramentas de pagamento otimizadas e claro, um bom blog para aumentar a possibilidade de ser encontrado.

Ainda com dúvidas? Agende aqui uma consultoria gratuita com uma de nossas Franquias de Marketing Digital e saiba mais sobre Facebook e Criação de Sites.

Quer saber mais sobre criação de um site?

Veja aqui nosso artigo sobre Criação de sites – Tudo que o pequeno e médio empresário precisa saber para estar bem na Internet.

Criar um blog para ter uma solução ainda mais completa

Você deve ter percebido algo bem interessante ao ler este artigo. Mais do que acertar nas técnicas e conhecer a fundo as ferramentas de divulgação como o Facebook Ads por exemplo, é preciso prestar atenção no que há de mais importante para qualquer estratégia de marketing digital nos dias de hoje: o conteúdo.

Ou seja, não importa onde, nem como e nem a razão. É a qualidade e a relevância do conteúdo que garantem o sucesso dos negócios na internet nos dias de hoje, independentemente do local onde é compartilhado. Afinal, tudo na internet é baseado para oferecer a melhor experiência para o usuário, entregando as soluções que ele realmente precisa.

Assim, todos os algoritmos, tanto dos buscadores quanto das redes sociais, são baseados em palavras-chave e entregam os sites ou páginas que contenham a maior quantidade de termos relacionados à busca realizada.

Até aí tudo bem e você sabe que há conteúdo por todo seu site. Através dos nomes dos produtos, das informações técnicas, das postagens em sua rede social. Mas pode ir além e garantir melhores resultados.

Quer saber como aproveitar desta característica e conseguir o máximo em resultados? Aposte ao criar um blog dentro do seu site, desenvolvido exclusivamente para seu negócio.

Isso mesmo. Criar um blog, quando bem administrado e atualizado constantemente, garante a criação de um grande número de palavas-chave, sempre dentro do universo do público-alvo e por isso, oferece uma solução muito mais completa.

Ou seja, ter um blog dentro do site oficial do seu negócio aumenta a probabilidade de ser encontrado na internet. Com isso, aumenta o tráfego de pessoas dentro do site, você conquista novos mercados e e resultados nas vendas conseguem ser muito mais positivos.

Você ainda pode compartilhar suas notícias e novidades nas redes sociais, aumentando sua visibilidade no Facebook e conquistando ainda mais curtidas.

facebook edgerank

Quer saber mais sobre como criar um Blog de sucesso? Veja nosso artigo: Saiba tudo que precisa para montar um Blog.

Qual a diferença da Loja Virtual do Facebook para a uma Loja Virtual fora do Facebook

Não faz muito tempo o Facebook deu uma notícia que deixou muito empreendedor animado. Qualquer pessoa agora pode abrir uma loja virtual, dentro da maior rede social do mundo, sem pagar nada.

Com isso, agora qualquer pessoa pode ser o dono de seu próprio negócio digital, sem investir nada na criação ou na manutenção de uma loja virtual.

É bem simples criar a sua loja pelo Facebook. Basta ter uma fanpage oficial dentro do Facebook. Mas antes, vai precisar instalar um aplicativo, o Facilime e só depois clicar em instalar em minha página.

Você pode incluir seus produtos, as características deles e receber o pagamento. Sua loja pode ter o pagamento através do Pagseguro, que é bem conhecido e garante excelentes facilidades.

A principal vantagem é que pode atender seus clientes através da mesma ferramenta, enviar mensagens e ainda fazer um trabalho de engajamento, publicando textos, imagens e vídeos através de sua página de conteúdo.

Mas não são só vantagens

Não se engane. Apesar de ser uma praticidade só, e rápido também, não é a mesma coisa que abrir uma loja virtual fora do Facebook. Com sua loja virtual, você passa uma imagem mais profissional, consegue incluir mais informações de produtos, uma linha maior de soluções e oferecer métodos de pagamento adicionais.

Isso sem falar que separa tudo por categorias, inclui as palavras-chave que desejar e deixa tudo mais completo para seu cliente.

Uma loja virtual própria, também oferece mais segurança para os dados da sua empresa, do seu cliente e ainda garante mais clientes, já que pode ser mais facilmente encontrada pelos buscadores fora da rede social.

E o mais arriscado é que no Facebook o espaço não é seu, então eles podem excluir seu perfil por acharem que você infringiu alguma de suas diretrizes, e você ser excluído sem nenhum aviso. E acredite isso já aconteceu.

Mas há uma forma interessante de fazer as duas coisas, unindo sua própria loja virtual com a do Facebook para atender um número cada vez maior de consumidores.

loja virtual
https://www.youtube.com/playlist?list=PLNM2uRa2r7E4FhHlIrzYLLoPCvOxz48Ri

Quer saber mais sobre como vender seus produtos físicos, veja nosso artigo: Saiba tudo que precisa para montar uma loja virtual

Facebook ADS ou Google AdWords

Neste artigo você aprendeu sobre o Facebook Ads, a ferramenta de anúncios e links patrocinados da maior rede social do planeta.

Inovadora e bastante interessante, oferece insights e ajuda gestores e empreendedores a ficar cada vez mais perto de seus prospects.

Mas saiba que ela foi desenvolvida a partir do Google AdWords, o pioneiro nesta modalidade. De forma geral, elas são um pouco semelhantes e garantem que o empreendedor ou gestor alcance seu público-alvo em cheio.

Ambas são muito eficazes e com um baixo investimento se comparado com outras mídias, garantem excelentes resultados para os mais diversos tipos de negócio.

Mas possuem diferenças e objetivos bem marcantes, veja a seguir:

Facebook ADS

O Facebook Ads é mais voltado para empresas que já atuam na rede social com suas fanpages e desejam aumentar o engajamento com a página.

Apesar de também garantir a possibilidade de inserir links externos e medir conversões, funciona muito melhor quando é utilizada para aumentar a interação e melhorar o relacionamento.

Possui uma segmentação baseada em local e perfil, incluindo interesses específicos que podem ser medidos através das curtidas e interações em geral. É uma rede social voltada ao entretenimento e os anúncios precisam ser ainda mais bem feitos para garantirem um bom resultado.

É preciso cuidar muito com a imagem utilizada, texto para garantir chamar a atenção diante de tantas outras distrações acontecendo ao mesmo tempo.

Google AdWords

Já o Google AdWords alcança um público maior e de forma mais focada. Possibilita mais conversões de venda, já que é desenvolvido para entregar as soluções baseadas nas buscas.

As segmentação pode ser feita geograficamente e por palavras-chave, o que acaba garantindo um foco maior mas com um objetivo de aumentar o tráfego no site.

google analytics

Quer saber muito mais sobre o Google AdWords?

Acesse nosso artigo sobre Google AdWords – Um guia completo de Como Funciona, O que é, e Como utilizar no seu negócio

Gere campanhas no Facebook ADS, até faça vendas mas não esqueça de fidelizar seus Clientes

O Facebook Ads e as postagens em sua fanpage conseguem incrementar os resultados em vendas para seu negócio, mas sozinhos não podem fazer muito pelo sucesso da sua empresa a longo prazo.

Afinal, especialistas em negócio e empreendedorismo são unânimes em dizer que o segredo dos negócios e empresas bem sucedidas está diretamente ligado com a fidelização de seus clientes.

Clientes fieis costumam estar sempre por perto, comprando e apostando na empresa mesmo em períodos de maior dificuldade, como em crises financeiras, por exemplo.

Isso sem falar da lucratividade.

Este tipo de cliente costuma confiar na empresa, gosta de seus serviços e por isso não se importa em pagar mais pelo mesmo produto, já que percebe um valor agregado maior, que vai muito além do custo do produto em si.

Ou seja, a fidelização, além de garantir uma rentabilidade durante o passar dos anos, ainda possibilita uma maior lucratividade. Com isso, o gestor consegue investir ainda mais nos seus negócios, aumentando os mercados e a gama de produtos oferecidos.

E pensando em tudo isso as Franquias de Marketing Digital reponde:
Como é possível fidelizar mais clientes?

Apostar em um bom serviço, em produtos de alta qualidade, um bom pós venda e atendimento superior são formas essenciais de conquistar a fidelização de clientes.

Mas é possível ir além e se diferenciar ainda mais dos concorrentes, apostando em tecnologia aplicada para a fidelização nos negócios, como por exemplo o FideliZii.

O FideliZii, reúne diferentes estratégias para garantir que seu cliente fique sempre por perto. A cada compra, ele pontua no cartão FideliZii e pode trocar por prêmios incríveis. Todo o acesso é feito pela ferramenta, de forma prática e fácil.

O próprio cliente acompanha tudo de perto, através de extratos que são enviados por e-mail e lembretes para que utilize os pontos antes que expirem ou comprem mais para aumentar as chances de ganhar.

O FideliZii ainda proporciona um relacionamento melhor, já que tudo acontece de forma divertida e leve.

Para fechar com chave de ouro, ele ainda é totalmente integrado com um sistema de CRM, oferecendo uma gestão muito mais inteligente.

Assim como o Facebook ajuda a fidelizar clientes o FideliZii complementa essa estratégia.

Quer saber mais sobre o nosso programa de fidelização de clientes FideliZii, veja aqui nosso artigo sobre FideliZii.

bonus-marketing-de-relacionamento

De forma geral, agora você conhece mais profundamente as vantagens de ter uma boa presença no Facebook e como utilizar a ferramenta de anúncios para incrementar suas vendas.

Porém as particularidades e segmentações são tantas, que impossibilitam que um gestor ou empreendedor seja capaz de conseguir tirar o máximo desta incrível ferramenta. Por isso, se você deseja conquistar resultados cada vez melhores, conte com parceiros experientes e sérios, que garantem a total satisfação de suas necessidades.

Entre em contato aqui com uma de nossas Franquias de Sucesso e saiba o que podemos fazer pelo sucesso de sua empresa.


Receba o contato de um especialista em Marketing Digital Liguesite

Comentários

comments

Posts recentes