Marketing de Guerrilha

realmente funciona?
Marketing de Guerrilha

Por Comunicação Liguesite. Postado em 26/01/2018. Última atualização em 21/06/2019.

Tempo estimado de leitura: 10 minutos.

O que é marketing de guerrilha

Quando falamos de marketing, geralmente há duas imagens que podem vir à mente: de um conjunto de técnicas sutis e eficientes, ou de uma única ação que causa um super impacto.

Este último é o marketing de guerrilha.

O nome já sugere o quão intenso é esse estilo de abordagem.

Diferente da maioria dos métodos de marketing, que procuram cercar o consumidor e convencê-lo aos poucos de que o produto ou serviço oferecido é de interesse dele, o de guerrilha tem o objetivo principal de impactar.

Seja um abalo emocional, como com o humor ou com um choque de realidade, seja até pela agressividade, o marketing de guerrilha se diferencia na abordagem, às vezes mais do que no conteúdo.

Por isso mesmo, é preciso muito cuidado ao tomar esse caminho, já que um erro terá as mesmas proporções negativas que o acerto traria positivamente.

CONTINUAR LENDO

Quando usar o marketing de guerrilha

Como já mencionamos, o marketing de guerrilha exige cuidado.

Se sua empresa pretende apostar nele, é preciso ter certeza de que ele será bem recebido.

Isso vai depender do tipo de anúncio que está sendo pensado, o quanto ele se relaciona com a empresa e até com a sociedade atual.

Por exemplo, o filme Donnie Darko, de 2001, conta com cenas que envolvem a queda de um avião.

Pouco antes de seu lançamento, ocorreu a tragédia de 11 de setembro nos Estados Unidos.

Isso preocupou o diretor e toda a equipe, já que a cena em questão poderia ser vista de uma forma péssima.

Por sorte, devido à forma como aquilo fazia sentido no filme, e principalmente devido ao público-alvo, não houve repercussão negativa em relação a isso.

Ou seja, é preciso ficar atento à impressão que determinada ação vai transmitir.

Se for o que você pretende, ótimo; se não, convém reunir a equipe e discutir possíveis alterações.

Além disso, o marketing de guerrilha funciona melhor em momentos específicos para a empresa.

Os favoritos são lançamentos de produtos ou serviços, mas também podem incluir inaugurações de novas filiais, mudanças internas, ou outros fatores que valham a pena serem anunciados.

6 dicas para um marketing de guerrilha eficiente

1. Entenda o apelo

O marketing de guerrilha faz tanto sucesso por uma série de razões.

É mais econômico para a empresa, e se bem pensado, provoca um impacto que se multiplica sozinho.

Mas além disso, ele também funciona por economizar o tempo do público.

Vivemos em uma era de informação em excesso, e as pessoas já estão se acostumando a ignorar grande parte dela.

Se a sua informação for direta e forte o bastante, não haverá como desviar os olhos - e, mais importante, ninguém vai querer fazer isso.

2. Conheça seu público

O mesmo marketing de guerrilha dificilmente vai funcionar para diferentes perfis de público.

Por exemplo, se os seus consumidores são majoritariamente masculinos e na faixa etária de 30 a 40 anos, não faz sentido criar uma ação que se baseie em algo popular entre adolescentes.

Segmente seus esforços!

3. Estimule a criatividade

Ter ideias originais não é tão simples e não acontece de uma hora para outra, mas há meios de chegar mais perto delas.

Procure exemplos do marketing de guerrilha de outras empresas, veja vídeos sobre o assunto, leia artigos (como este!).

Aposte também no brainstorming: una sua equipe e tirem algum tempo para jogar ideias ao vento, sem pretensão.

Você ficaria surpreso ao descobrir como boas sugestões surgem desse tipo de reunião.

Só não esqueça de que a originalidade é essencial!

4. Cuidado com as respostas emocionais

Como mencionamos, o marketing de guerrilha age com base no impacto.

Isso quer dizer que o uso de emoções é importante, mas não precisa ser sempre ao ponto de mal-estar.

Em alguns casos isso é válido, mas na maioria dos casos, o ideal é causar emoções positivas, com algo mais descontraído.

Causar choque e angústia não é algo a ser associado com sua empresa, normalmente.

5. Seja fiel a si mesmo

O seu tipo de serviço e seu segmento dizem muito sobre o tipo de abordagem que você poderia tentar.

Se estamos falando de uma clínica médica, por exemplo, o marketing será mais sério e formal.

Mas se estamos falando de uma lanchonete, é provável que dê para fazer uma ação leve e divertida.

Mas, ainda assim, não se prenda ao que os outros fizeram: mantenha-se fiel a você.

6. Analise os resultados

Tudo bem se suas primeiras tentativas de marketing de guerrilha não derem certo.

E mesmo se derem, de qualquer forma você deve avaliar os resultados.

Confira quantas pessoas a ação alcançou, e qual foi a reação delas.

Essas informações serão utilizadas na próxima vez.

Marketing de guerrilha exemplos de sucesso

McDonald's e Burger King

Você já deve ter visto por aí alguma das ações dessas duas redes de fast food.

A "briga" entre eles sempre rende publicidades conhecidíssimas e que, no fim das contas, ganham clientes para os dois, além de fidelizar os públicos.

Eles usam táticas de guerrilha o tempo todo: o Burger King fez isso no Halloween ao "vestir" um de seus restaurantes nos Estados Unidos de palhaço, fazendo uma referência ao rival; na Black Friday deste ano, o BK respondeu à promoção de batatas fritas do McDonald's com sua própria promoção especial.

E essas são apenas algumas das vezes em que o embate dos dois gigantes repercutiu em redes sociais e na vida real.

Médicos do Mundo

Essa ONG (do original Medecins du Monde) decidiu fazer do método de guerrilha algo de grande impacto e utilidade simultaneamente.

Eles distribuíram barracas simples para moradores de rua em Paris, com apenas o logotipo da ONG.

Além de conscientizar a população sobre o problema por ficarem "no caminho", a ação também fez com que o governo se mobilizasse e desse um destino melhor para parte dos moradores, para que as barracas fossem retiradas.

Marketing de guerrilha e marketing digital combinam?

Sim! As táticas de guerrilha não são unicamente físicas, e podem dar muito certo na internet também.

Vídeos, imagens, textos, produções multimídias... o importante é ser criativo e original.

Com disposição e esforço, é certo que alguma tentativa de marketing de guerrilha vai abrir as portas da sua empresa. Inclusive no âmbito digital!

Então, inspire-se, aproveite nossas dicas e cause o impacto que você quer ver no mundo!

Se você precisar de ajuda para implementar uma estrutura de marketing digital, ou simplesmente se desejar fazer o seu negócio crescer, fique à vontade para falar conosco.

A missão das Franquias de Sucesso é juntos conectar pessoas ao seu negócio por meio da internet!

Seja estratégico, conecte-se.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

[email protected]

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.