O que é Lead

O que é lead

Por Artigo de Wallace Castro. Postado em 08/12/2017. Última atualização em 08/12/2017.

Tempo estimado de leitura: 14 minutos.

Antes de irmos um pouco mais a fundo sobre o que é lead, precisamos considerar alguns aspectos de extrema relevância.

Como sabemos, um dos maiores desafios impostos às empresas é a conquista de novos clientes.

Situação ainda mais complicada no ambiente virtual, dada a grande concorrência e a necessidade de passar confiabilidade às pessoas.

Aliado a isso, temos as estratégias de marketing que consideram vários pontos, dentre os quais temos a geração de contatos para que no futuro eles possam fazer parte da carteira de clientes fiéis da empresa.

A concorrência, a necessidade de impor respeito e confiança na área de atuação e os desafios inerentes a empresa tem um fator em comum: entender como o público alvo se comporta.

Apenas depois de analisar e chegar a um resultado sobre isso é que será possível criar campanhas de marketing mais efetivas com foco na atração de novos leads.

Nesse artigo vamos apresentar algumas considerações sobre o que é lead, suas aplicações e formas de se obter sucesso com sua prática.

CONTINUAR LENDO

O que é lead?

Lead é um termo de origem inglesa que não possui tradução simplificada para o português.

Em linhas gerais pode ser entendido como chefia, liderança e condutor. Mas, em se tratando de marketing, a coisa é um pouco mais profunda.

No marketing digital chamamos de lead aquele que é um potencial cliente/consumidor de uma determinada marca.

É chamado de “potencial” por ter demonstrado interesse no serviço ou produto oferecido.

Mas como saber se há interesse de fato?

Quando o usuário se dispõe a preencher um formulário com seus dados, gastando seu tempo, para receber algo em troca como algum material rico, a exemplo dos ebooks, vídeos e infográficos ou até mesmo se inscrever para receber newsletters, compreendemos que, da parte dele, há interesse em ter mais informações sobre algo.

A partir desse momento esse usuário passa a ser um lead.

Consequentemente, fará parte do funil de vendas e será objeto das estratégias de marketing e vendas que são desenvolvidas pela empresa com foco no fechamento de um negócio, por exemplo, a contratação de um determinado serviço.

Geração de leads

o que é Lead - Geração de leads

 

A geração de leads é extremamente importante pelo fato de que aquele que era estranho, ou um simples visitante do site ou blog, passará a ser considerado um potencial cliente.

A equipe responsável pelo marketing e vendas olhará para esse lead e desenvolverá trabalhos em volta dele nas próximas estratégias.

Em linhas mais simples, temos quatro pontos fundamentais aqui:

  1. O usuário é um estranho, um simples visitante;
  2. O usuário passa a ter acesso ao site ou blog e percebe que o conteúdo é útil para resolver alguma necessidade sua;
  3. O usuário, agora um lead, passa a fazer parte das estratégias de marketing;
  4. O lead fecha uma compra e torna-se cliente. Posteriormente, esse cliente passa a ser também um promotor da marca, uma vez que falará dela em seu meio social.

Viu porque é importante dar atenção especial para a geração de leads? Mas, temos mais alguns pontos a considerar.

Como gerar leads?

Há várias técnicas que podem ser usadas para a geração de leads. Entre elas temos as landing pages, os sites e os blogs.

Sites e blogs

Um site ou blog é fundamental para a geração de leads.

Por meio deles é possível oferecer diversas ferramentas e recursos que poderão transformar o visitante em um potencial cliente. Dentre os recursos mais usados para este fim podemos destacar os seguintes:

  • Formulários de contato com a empresa;
  • Ebooks;
  • Infográficos;
  • CTAs.

Entretanto, é importante ressaltar que não é suficiente apenas disponibilizar materiais ricos ou formulários de contato se não há uma preocupação com o site/blog como um todo.

Aspectos como qualidade do conteúdo (artigos e vídeos), integração com redes sociais (botões de compartilhamento), link building e SEO não podem ser desprezados em hipótese alguma.

É preciso considerar também a função de cada recurso.

O blog, por exemplo, precisa passar a voz da empresa.

Nele devem ser apresentados textos, vídeos e imagens que possam resolver algum problema do visitante ou oferecer para ele uma oportunidade.

Não é recomendado usar o blog para ofertar produtos ou fazer promoções.

Ele deve ser algo que sirva de isca para o visitante.

Afinal, a principal função dele é gerar fãs para a marca e, por isso, a frequência de postagens deve ser feita de uma maneira que fique fácil para o leitor acompanhar. Por exemplo, todas as segundas. Assim ele saberá que nesse dia terá algo novo.

Por fim, não podemos deixar de lado a seção para cadastro ou assinaturas de newsletter.

Isso é válido tanto para o site quanto para o blog.

Essas ferramentas precisam estar em destaque, ter acesso fácil e sempre que possível, oferecer algo em troca (ebooks, infográficos etc.).

Landing Pages

As landings pages são páginas específicas criadas com um único objetivo: conversão.

Elas trazem menos elementos e links do que uma página tradicional já que possuem um objetivo específico.

Um claro exemplo de uso das landing pages pode ser o de uma página onde é oferecido para o visitante um ebook, mas para baixá-lo ele terá que inserir alguns dados.

Essa ferramenta é considerada por especialistas em marketing digital como uma das melhores formas de fazer com que um visitante torne-se um lead.

Além disso, ainda é possível recolher informações preciosas para as estratégias futuras.

Leads: por que precisam ser qualificados?

Lead qualificado traz economia

 

Quando observamos um lead não há certeza nenhuma de que algum dia ele se tornará um cliente. Ou até mesmo se visitará novamente o blog ou site.

Entretanto, isso não é algo que pode ser considerado quando tratamos dos leads qualificados.

É fundamental saber se o lead é qualificado pelo simples fato de que com isso será possível para a equipe de marketing desenvolver campanhas mais eficazes no alcance desse cliente.

Nesse ponto é preciso que todo conteúdo produzido seja o mais específico possível com a finalidade de deixar claro para o lead que a marca oferece a melhor solução.

Enfim, um lead qualificado é aquele que realmente está pensando em comprar o produto ou contratar o serviço.

Mas atenção! Tudo isso envolve responsabilidade e respeito.

É preciso que haja uma autorização por parte do usuário.

Do lado oposto disso e distante da ética estão as compras de listas de e-mail.

Fazer isso é o mesmo que começar desprezando o futuro cliente.

Isso gera um trabalho mais assertivo pela equipe de vendas, uma satisfação maior do cliente, e consequentemente economia e mais resultados positivos.

Como qualificar um lead?

Esse processo precisa ter o tempo adequado do seu Lead.

Uma saída interessante é criar estratégias específicas para cada etapa do funil de vendas. Com isso, as taxas de conversão serão melhores.

É possível qualificar um lead pelo seu engajamento e evolução dentro do funil.

Pode-se fazer uso do chamado lead scoring.

Basicamente, trata-se de um esquema de pontuação que leva em consideração o nível de engajamento.

Além disso, uma das estratégias para a qualificação de leads mais eficiente é a relação custo e benefício.

Por exemplo, ao apresentar um determinado produto ou serviço o cliente também receberá informações relevantes sobre como usar da melhor forma possível, ou como aquilo poderá solucionar seu problema de maneira prática.

Isso torna o cliente mais engajado e mais propenso a subir posições no lead scoring.

No final das contas, o primeiro passo deve ser o planejamento.

Começar com uma estratégia de cada vez para atrair leads é o mais indicado.

Assim será possível ter uma visão melhor sobre o que está dando certo ou sobre o que pode ser melhorado.

Vale lembrar que nem sempre o que funciona para um vai funcionar para outro.

Por isso, testar com calma cada ferramenta é fundamental.

Agora que você já sabe o que é lead aproveite e confira outros conteúdos como esse em nosso blog!

Esperamos que esse artigo ajude você a entender o que é Lead.

Gostou de saber um pouco mais sobre o que é Lead, como gerar Lead e como qualificar Leads? Deixe suas considerações em nossos comentários!

Bastante informação? Se você precisar de ajuda para abrir o seu próprio negócio, para ter mais segurança, liberdade e crescer, ou simplesmente deseja para escolher a melhor franquia para investir, fique à vontade para falar conosco.

Quer saber mais sobre franquias? Veja nosso e-book gratuito!

A missão das Franquias de Sucesso Liguesite é qualificarmos os empreendedores das nossas franquias para que ofereçam as melhores soluções digitais do mercado, fazendo com que produtos, serviços e marcas sejam encontradas por quem as procura.

Somos conectados e conectamos pessoas, via internet.

Seja estratégico, conecte-se.

Aficionado por empreendedorismo, graduado em Tecnologia, Marketing e Economia, já geriu áreas comerciais de diversas empresas de tecnologia, participa como voluntário do ITFB e ICM, atualmente é o Diretor Comercial e Marketing da rede de Franquias Liguesite.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

sac@liguesite.com.br

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.