Qual a melhor opção: franquia ou negócio próprio?

Qual a melhor opção: franquia ou negócio próprio?

Por Artigo de Wallace Castro. Postado em 01/06/2017. Última atualização em 01/06/2017.

Tempo estimado de leitura: 11 minutos.

Franquias são modelos de negócio que oferecem ao empreendedor todo o suporte para exercer uma atividade já testada pelo mercado.

Do outro lado há o negócio próprio, que cria oportunidades para a realização de um empreendimento novo e para a obtenção de um faturamento que será revertido integralmente para o empreendedor.

Mas qual é a melhor opção de investimento: franquia ou negócio próprio?

Confira neste post a comparação entre os desafios e os resultados das duas possibilidades e descubra qual é a melhor para você!

CONTINUAR LENDO

O desempenho das franquias

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2016 as franquias nacionais faturaram mais de R$150 bilhões, obtendo um desempenho de 8,3% a mais do que em 2015.

O mesmo levantamento estima que as franquias podem aumentar 9% do faturamento em 2017.

Ainda segundo a ABF, no ano passado o número de franqueados das várias redes existentes aumentou em mais de 3,1%, ultrapassando as 142 mil unidades franqueadas.

A projeção é de mais 5% de crescimento até o fim de 2017.

Por fim, ainda com base nos dados da ABF, vale destacar que, enquanto vários setores da economia nacional demitiram, as redes franqueadas mantiveram os quase 1,2 milhão de postos de trabalho do setor.

A expectativa é de que, até o fim do ano, o número de vagas de emprego nas franquias também aumente 5%.

Os números demonstram que, mesmo em tempos de crise, o negócio de franchising vem mantendo o fôlego no Brasil.

A situação do varejo brasileiro

De fato, é difícil comparar o desempenho das empresas próprias com as franquias do país.

Afinal, de acordo com o Empresômetro da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), hoje existem quase 18 milhões de empresas em funcionamento no Brasil, entre as quais estão incluídas as franquias.

Contudo, tomando por base as estatísticas do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), é possível formar uma ideia sobre a situação do varejo brasileiro, o que pode servir como referência.

De acordo com o levantamento realizado nas 15 principais cidades brasileiras, o número de novas empresa varejistas abertas entre 2016 e 2017 cresceu de 0,8% a 1,53%.

Ou seja: o melhor desempenho foi praticamente a metade do número de franquias abertas no país no último ano.

Porém, ainda que os números apresentem argumentos bastante consistentes a favor das franquias, nessa comparação é preciso confrontar outros fatores importantes.

Abrindo uma franquia

Entre as várias opções disponíveis, quem abre uma franquia deve escolher aquela com a qual mais se identifica. Justamente por serem muitas as opções, é fundamental buscar informações consistentes entre os diversos franqueadores.

Em especial, é preciso considerar:

  • o valor da taxa de franquia;
  • os royalties sobre o desempenho do negócio;
  • a taxa de publicidade.

Além disso, é importante verificar se a empresa exige a formação de um estoque mínimo, comum entre as franquias que vendem produtos, ou se o investimento deve ser concentrado em equipamentos, como ocorre com as companhias voltadas para a prestação de serviços.

Também é preciso conferir as exigências de instalações, de mobiliários, de qualificação de pontos, entre outras coisas que dizem respeito à padronização do negócio exigida pelo franqueador.

Vantagens da franquia

Quem abre uma franquia inicia a empresa a partir de um negócio pré-existente, contando com um planejamento de quem já está inserido no mercado com uma atividade testada pelo consumidor.

Naturalmente, esses fatores tornam o investimento mais seguro.

Além disso, com a assistência prestada pelo franqueador, o franqueado pode saltar uma série de etapas que precisariam ser cumpridas se ele optasse pelo negócio próprio, como as de programação visual e de divulgação do negócio, por exemplo.

Ao mesmo tempo, o franqueador oferece treinamento para a equipe que atuará na franquia e facilidades para a formação do estoque ou para a aquisição de equipamentos, conforme o caso.

Nesse ponto, cabe atenção para as vantagens das franquias de negócios baseados na internet.

Esse tipo de negócio permite ao franqueado trabalhar em casa, sem investir em estoque ou em equipamentos caros.

Mesmo assim, é possível obter uma ótima remuneração mensal.

Em resumo, é possível dizer que as franquias criam maior segurança para o investimento feito no negócio, são mais fáceis de montar e aceleram a obtenção de resultados.

Assista gratuitamente o Treinamento sobre Franchising.

Desvantagens da franquia

Na franquia, o franqueado é dono da empresa, mas não é dono do negócio.

Na verdade, o empreendedor está atrelado a um negócio maior, que adota diretrizes que nem sempre coincidem com as vontades que ele tem.

De maneira direta, o franqueador interfere em quase todos os aspectos da empresa.

Além dos produtos que serão vendidos ou dos serviços que serão prestados, entre outros aspectos, ele pode determinar qual será a decoração do estabelecimento e até a forma como os funcionários devem se vestir.

Ainda é preciso considerar que quem faz parte de uma rede de franquias não retém todo o faturamento, uma vez que, além dos royalties, precisará pagar a taxa de franquia a cada renovação do contrato e eventuais taxas de publicidade e marketing.

Outra desvantagem da franquia é não permitir que o empresário planeje a expansão do negócio de maneira independente.

É preciso considerar que cabe à rede definir a política de expansão e essa, muitas vezes, não vai ao encontro daquilo que o empresário pretende.

Abrindo um negócio próprio

O processo de abertura de um negócio próprio exige uma análise aprofundada do mercado, que vai muito além da escolha de um ramo de atividade no qual a pessoa deseja atuar e da alocação de um investimento.

Todas as etapas, desde a concepção da ideia até a implantação do negócio, precisam ser bem conhecidas e planejadas cuidadosamente.

Portanto, cabe a quem abre um negócio próprio cuidar do desenvolvimento de processos administrativos e de produção, da política de atendimento, da programação visual, da divulgação da marca, da conquista de clientes, entre tantos outros que condicionam o sucesso de um empreendimento.

Vantagens do negócio próprio

Quem abre uma empresa inteiramente nova se coloca diante da perspectiva de desenvolver um novo ambiente no mercado que até então não existia.

Se o negócio parte da identificação de necessidades do consumidor que ainda não eram atendidas, as vantagens são ainda maiores.

Afinal, daí pode surgir um ramo de atividade inédito, no qual a nova empresa atuará como pioneira.

Outra vantagem é a independência. Com ela é possível crescer de acordo com as próprias possibilidades e com os próprios resultados. Todo o investimento feito na divulgação da marca e da empresa resulta em visibilidade para o próprio negócio, e não para uma rede.

Além disso, é claro, o faturamento é revertido integralmente para a própria empresa.

Desvantagens do negócio próprio

A independência do empresário também significa que ele correrá todos os riscos por conta própria. Quase sempre, mesmo após uma pesquisa profunda de mercado, as chances do empreendimento não ir para frente permanecem.

As dificuldades surgem de várias formas.

É preciso inventar produtos e processos, desenvolver conhecimentos, treinar pessoas, cativar e manter clientes, entre tantos outros desafios que o negócio próprio apresenta.

Além disso o empreendedor não contará com a segurança de toda uma equipe de planejamento, engenharia e processos que conta um franqueado.

Não é por acaso que, de acordo com dados do IBGE divulgados pela revista Época, a cada cinco empresas abertas entre 2009 e 2014, três fecharam as portas.

Agora que você já sabe quais são as vantagens e desvantagens das franquias e do negócio próprio, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a tomar as melhores decisões na hora de investir!

Se você precisar de ajuda para escolher a melhor franquia para investir, ou simplesmente deseja abrir o seu próprio negócio, para ter mais segurança, liberdade e crescer, fique à vontade para falar conosco.

A missão das Franquias de Sucesso é qualificamos os empreendedores de franquias para que ofereçam as melhores soluções digitais do mercado, fazendo com que produtos, serviços e marcas sejam encontradas por quem as procura.

Somos conectados e conectamos pessoas, via internet.

Aficionado por empreendedorismo, graduado em Tecnologia, Marketing e Economia, já geriu áreas comerciais de diversas empresas de tecnologia, participa como voluntário do ITFB e ICM, atualmente é o Diretor Comercial e Marketing da rede de Franquias Liguesite.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

sac@liguesite.com.br

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.