Quero fazer um site

Quero fazer um site

Por Comunicação Liguesite. Postado em 21/12/2017. Última atualização em 21/12/2017.

Tempo estimado de leitura: 9 minutos.

“Quero fazer um site” – é o que dizem dez em cada dez empreendedores, sejam eles profissionais liberais, microempreendedores ou pessoas que cogitam abrir um negócio próprio.

Sem dúvida alguma, essa preocupação é salutar e oportuna.

A visão contemporânea do mundo comercial contempla dois universos igualmente importantes: o mundo físico e o mundo virtual.

As pessoas, cada vez mais e com maior frequência, usam a internet como fonte de consulta para tudo.

Outras tantas fazem compras diretamente pela internet, o que para as empresas é excelente, uma vez que implica em redução de custo com instalações e pessoal de vendas e atendimento.

É por isso que todos dizem: “quero fazer um site”.

CONTINUAR LENDO

Para que eu quero fazer um site?

Você já tem plena ciência de que precisa fazer um site porque é uma forma de o seu negócio ser encontrado pelos seus clientes-alvo, também conhecidos como personas.

Mas isso não define, por si só, o motivo pelo qual você precisa desenvolver um site.

Antes de tudo, criar um site é uma decisão que deve estar relacionada à sua política de marketing.

Para definir essa questão de uma forma bem clara, suponhamos que você possui um comércio e deseje aumentar as vendas através de uma maior penetração nos mercados em que atua.

Nesse caso, criar uma loja online é uma solução, pois sua loja vai chegar a clientes que suas lojas físicas não alcançariam.

O website pode ter outras funções, como, por exemplo, divulgar um evento, o lançamento de um produto ou uma campanha. Nesse caso, o site é temporário.

O importante, portanto, é você sabe o que quer obter e criar um site para ajudá-lo com esse objetivo.

Quero fazer um site, mas como?

Agora que você já sabe que o site é uma forma de você ser encontrado pelos seus clientes no ambiente virtual e que ele deve ser considerado um instrumento da sua política de marketing, chegou a hora de colocar a mão na massa.

Depois de definir qual o objetivo do site, há mais cinco procedimentos a serem cumpridos.

Registro de domínio

O domínio é a sua identidade e o seu endereço na rede.

É através dele que as pessoas encontram seu site e o identificam como único perante os demais.

Por isso, é recomendável que seja curto, legível e fácil de memorizar.

Seja numa plataforma alugada ou open source, você será orientado quanto à aquisição do domínio, que é um processo simples.

Hospedagem

A hospedagem é o que faz o seu site existir na internet.

A escolha deve ser feita com base no tamanho do site, necessidade de armazenamento e tráfego.

A maioria dos sites usa hospedagem compartilhada, que é muito mais barata.

Organização

O site deve ser organizado, no sentido de fazer com que as pessoas encontrem com facilidade o que estão procurando.

O site deve ser dividido em seções.

As mais comuns são: home / quem somos / produtos e serviços / contato / blog.

Site responsivo

Certifique-se de que a plataforma utilizada para a criação do site é responsiva, ou seja, o site se adapta a qualquer tipo de tela, sobretudo as tecnologias móveis.

Conteúdo

Preferencialmente, procure profissionais de marketing e comunicação para fazer essa parte, porque o conteúdo é essencial para uma boa comunicação com o público e criação de uma boa imagem e reputação para o seu negócio.

Anuncie

Anunciar o seu site é a forma mais rápida de atrair tráfego.

Usar as redes sociais é uma ótima forma e gratuita, se você criar sua própria página.

Há alternativas de anúncio pago, que trazem um retorno mais rápido.

A principal ferramenta é o Google AdWords. O anúncio é encontrado por meio da pesquisa feita no Google.

Quero fazer um site, mas preciso de ajuda

Há três formas de se criar um site: através das plataformas open source, alugadas ou desenvolvimento exclusivo.

É óbvio que pagar uma agência para desenvolver o site é a melhor alternativa, mas nem sempre isso é necessário e satisfatório, pois o custo é mais alto.

As plataformas open source têm a vantagem de serem gratuitas, mas o serviço é restrito, incluindo, normalmente, hospedagem, registro de domínio e ferramentas básicas de desenvolvimento. Além disso você precisará investir bastante tempo para fazer por conta própria.

A melhor opção, atualmente, são as plataformas alugadas, oferecidas por agências, como a da Liguesite, que é uma plataforma exclusiva, com todos os recursos para desenvolvimento, mas também com o suporte permanente das mais de cem unidades franqueadas, sem contar com o apoio na criação da identidade visual, criação de conteúdo e mecanismos de controle.

No modelo EconoLigue, da Liguesite, o cliente cria o site gratuitamente e paga uma mensalidade para receber suporte, com apoio, estratégico, tático e operacional.

Como você pode ver, não está sozinho em seu projeto.

Nós estamos aqui para amparar todos os seus passos e ajudá-lo a alcançar os resultados, mas você ainda tem uma dúvida que o faz pensar em recuar... "E isso deve ser caro...?" Entre em contato conosco, que nós vamos mostrar que o nosso serviço cabe na sua capacidade de investimento.

Não adie uma decisão tão importante para o seu negócio por receios que podem ser injustificados!

Se você precisar de ajuda para implementar uma estrutura de marketing digital, ou simplesmente se desejar fazer o seu negócio crescer, fique à vontade para falar conosco.

A missão das Franquias de Sucesso é juntos conectar pessoas ao seu negócio por meio da internet!

Seja estratégico, conecte-se.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

[email protected]

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.