Loja Virtual de Cosméticos

Loja Virtual de Cosméticos

Por Comunicação Liguesite. Postado em 10/01/2018 em Loja virtual

Não é novidade para ninguém que o Brasil é um dos mercados mais complexos para se empreender.

Afinal, há muita burocracia e a economia sempre acaba se complicando em algum momento.

Mas ao mesmo tempo, empreendedores conseguem alcançar o sucesso todos os dias, investindo em negócios realmente lucrativos e apostando em estratégias inteligentes.

Neste sentido, uma loja virtual de cosméticos sempre se destaca, já que o consumo deste tipo de item nunca é afetado por crises que possam acometer o mercado e os lucros costumam ser muito interessantes.

Isso sem falar que o universo online não para de crescer.

Em 2017, mesmo no auge de um dos maiores desafios econômicos do país, as vendas pela internet cresceram mais de 10% se comparadas com o ano anterior, movimentou bilhões de reais diariamente.

Unido ao setor de perfumaria, que somente no Brasil chegou a arrecadar aproximadamente R$ 20 bilhões, o mercado de cosméticos pode alcançar resultado positivos, para quem apostar nesse mercado com uma loja virtual. O segredo está em acertar a forma de como fazer e não ter medo de crescer.

A seguir, descubra algumas dicas infalíveis para fazer sua loja virtual de cosméticos ser um sucesso.

CONTINUAR LENDO

Quanto custa montar uma Loja virtual?

Por incrível que pareça, uma loja virtual de cosméticos pode ser muito mais lucrativa e ao mesmo tempo, precisar de um investimento infinitamente menor.

Esqueça o aluguel do ponto, pagamento de impostos como IPTU e muitos gastos com salários de uma vasta equipe de vendas.

Ao optar por uma loja virtual de cosméticos, o seu investimento inicial é bem menor e o seu estoque pode ir aumentando conforme o resultado de vendas, diminuindo a necessidade de ter um galpão.

E abrir uma loja virtual pode custar pouco ou muito dinheiro, tudo vai depender de como resolver fazer isso.

Caso decida contratar um programador freelancer, por exemplo, este custo pode ser um pouco mais alto, dependendo do profissional e do prazo para a abertura da loja.

Este tipo de profissional costuma cobrar por hora de trabalho e a construção total de um e-commerce pode girar em torno de R$ 5.000 a R$ 10.000, além o valor das alterações e atualizações mensais, discutidas em contrato.

Você também pode tentar fazer isso por conta própria, através do uso de ferramentas open source, disponíveis na internet, como por exemplo o WordPress, Wix e similares.

Mas para isso, é preciso pelo menos conhecer um pouco sobre assuntos como: diagramação, design, SEO e técnicas de customização.

Caso precise aprender sobre tudo isso, pode demandar muito tempo, além do investimento em cursos.

Mas há também formas mais rápidas e econômicas, contando com parceiros competentes e dedicados a este tipo de serviço.

Na Liguesite, por exemplo, uma das empresas mais bem reconhecidas do setor, o sonho de seu próprio negócio pode sair por um valor justo, e ainda optar por parcelas de apenas R$ 189 por mês, um preço que cabe direitinho no seu bolso e não compromete os lucros.

Dicas para sua loja virtual de cosméticos decolar

1. Planeje-se bem

Antes de mais nada, faça um bom planejamento para sua loja virtual de cosméticos.

Pense em que tipo de produtos deseja vender e para qual público-alvo.

Depois, pesquise bem os preços e qual a margem de lucro poderá ter com cada um deles.

2. Esteja atento a novidades do setor

Não adianta abrir uma loja virtual de cosméticos e não ficar atento às novidades e tendências é um dos maiores erros.

Sua empresa precisa oferecer aos clientes opções interessantes e atrações o tempo todo.

3. Aposte na presença online

Somente ter um site não significa cobrir todo o universo online.

Sua loja virtual de cosméticos também precisa estar presente em redes sociais de uma forma inteligente.

Além disso optar por um blog junto com sua loja virtual de cosméticos é uma excelente opção.

Para isso, é preciso investir em um bom estudo de público e apostar em conteúdos novos e interessantes todos os dias.

4. Não se esqueça do SEO

O SEO reúne diversas técnicas que têm como principal objetivo aumentar o seu tráfego e o interesse em sua loja.

Através de escolha de palavras-chave, de otimização de layout e da construção de páginas mais eficazes, é possível ser encontrado com maior facilidade, já que a aparição em buscadores como o Google e o Bing acontecerão de forma mais natural.

Apostar no Google Shopping é algo que você deve pensar, e é claro se você tiver uma loja física aposte no Google Meu Negócio e no SEO Local para empresas.

5. Invista em AdWords

O AdWords é a ferramenta do Google que possibilita a criação de anúncios em sua ferramenta de buscas.

Totalmente customizável, você pode acertar em cheio seu público-alvo, mesmo que ele faça parte de um nicho bastante específico.

Os anúncios no AdWords custam muito pouco se comparados à mídia tradicional e são perfeitos para lojas online, garantindo resultados pra lá de satisfatórios.

6. Aprenda técnicas de gestão

Estar à frente de um negócio exige conhecimento profundo sobre o mercado onde atua, sobre a concorrência e formas de melhorar a lucratividade.

Portanto, esteja sempre atualizado, frequentando cursos e lendo muito sobre o assunto em todas as oportunidades que tiver.

7. Foco na logística

Uma loja virtual de cosméticos vai onde o cliente estiver, o que significa que você vai precisar desenvolver uma boa inteligência de logística.

Isso vale tanto para a compra de produtos, respeitando a demanda dos seus clientes, a armazenagem, cuidando sempre para garantir um bom giro de estoque e evitando a perda de produtos vencidos ou danificados, até a entrega na casa do cliente.

Aprenda mais com nosso Treinamento sobre os 7 passos para o sucesso de uma loja virtual!

8. Bom preço é fundamental

O mercado de cosméticos é extremamente lucrativo, mas a concorrência é bastante alta.

Portanto, fique atento em formas de trazer seu público para perto, oferendo preços competitivos e formas de pagamento interessantes.

Só não se esqueça de fazer um calcular certinho para garantir o lucro em cada uma das vendas efetivadas.

9. Encontre um diferencial só seu

Mais uma vez, lembre-se que o mercado de cosméticos é dinâmico e você precisa se diferenciar.

Ao estudar seu público-alvo, descubra qual é a necessidade que ainda não está sendo atendida e ofereça algo que seus concorrentes não fazem.

Lembre-se que montar uma Loja Virtual de Cosméticos precisa da mesma dedicação que montar uma loja física de calçados, então dedique-se!

10. Tenha boas conexões comerciais

Não só de clientes vive um negócio de sucesso.

Manter por perto bons fornecedores e parceiros também é fundamental.

Para isso, escolha com cuidado, focando não somente em preço, mas também na qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

Como a Liguesite pode ajudar

Agora que você já sabe como dar os primeiros passos para abrir sua loja virtual de cosméticos, pode entrar em contato com a equipe da Liguesite e fazer tudo acontecer.

Pode criar sua loja virtual com baixo custo e agilidade, sem perder na qualidade do trabalho final.

Somos especialistas no universo online e oferecemos também a criação de blogs, otimização de sites para SEO, campanhas de AdWords, perfis em redes sociais e muito mais.

Não perca tempo e se torne seu próprio chefe, abrindo sua loja virtual de cosméticos ou a criação de seu site com a Liguesite agora mesmo!

A missão das Franquias de Sucesso é juntos conectar pessoas ao seu negócio por meio da internet!

Seja estratégico, conecte-se.

Onde você está?*

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

sac@liguesite.com.br

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.