Gestão de Pessoas

: a arte de lidar com as pessoas
gestão de pessoas

Por Comunicação Liguesite. Postado em 01/01/2018. Última atualização em 01/01/2018.

Tempo estimado de leitura: 19 minutos.

A gestão de pessoas visa administrar e potencializar as relações humanas que se estabelecem em empresas de todos os portes e segmentos do mercado.

Trazer mais humanização para a organização também é um de seus objetivos.

Neste artigo, trouxemos tudo o que você precisa saber sobre a gestão de pessoas, como aplicá-la na prática, seus benefícios e muito mais.

Preparado (a) para começar? Então vamos lá.

CONTINUAR LENDO

O que é gestão de pessoas?

A gestão de pessoas é uma vertente que visa administrar, por meio de métodos, habilidades, técnicas, políticas e práticas já existentes, o comportamento humano e as relações que ocorrem dentro das organizações.

A gestão de pessoas ocorre por meio do envolvimento, capacitação, participação e desenvolvimento de cada membro da empresa.

O setor geralmente responsável por realizá-la é o de recursos humanos, apesar de haver uma diferença entre as práticas.

Enquanto o RH visa garantir os direitos do trabalhador na empresa, a gestão de pessoas visa capacitá-los e valorizá-los.

Devido à proximidade entre os setores, é comum que eles atuem juntos nas instituições.

Em empresas de pequeno e médio porte, a gestão de pessoas também pode ser efetuada por diretores e gestores, visto que a área exige características de liderança.

A seguir, confira dicas de capacitação e motivação de pessoal que todo empreendedor precisa saber.

Como motivar o seu pessoal

Resumidamente, a gestão de pessoas deve estar relacionada a quatro aspectos:

1. Participação

Primeiramente, é necessário integrar todos os funcionários da equipe, de modo que eles se sintam “de igual para igual” (independentemente da função que desempenham na empresa).

2. Capacitação

Funcionários treinados, frequentemente expostos a cursos, palestras, reuniões e congressos tendem a se envolverem muito mais com os valores da empresa. Aposte nisso!

3. Envolvimento

Falando em envolvimento, a gestão de pessoas só ocorre quando os funcionários realmente se sentem parte da instituição.

E isso deve ser provocado de maneira individual, ou seja, quando ele percebe que seus talentos e dons são importantes para o crescimento gradativo e constante da empresa.

4. Desenvolvimento

A gestão de pessoas deve provocar o desenvolvimento mútuo, ou seja, tanto do funcionário como da empresa.

Algumas dicas para motivação de colaboradores são as seguintes:

Os feedbacks são importantíssimos

Independentemente se as ações foram positivas ou negativas, o funcionário merece ter um feedback adequado.

Lembre-se ainda que elogios podem ser efetuados publicamente, mas por outro lado, as reclamações ou correções devem ser realizadas em conversas apenas entre você e o colaborador em questão, de modo a não o desmotivá-lo e nem mesmo envergonhá-lo em frente aos demais.

Cada funcionário com sua responsabilidade

Ao colocar determinadas tarefas em cima da equipe, apenas um ou outro ficará responsável por realizá-las na prática.

Apesar de motivar alguns, isso pode desmotivar totalmente aqueles que ficam sem uma “função” em específico.

Para evitar que isso aconteça, a gestão de pessoas exige a delegação de responsabilidades para cada membro da equipe.

Sendo assim, todos eles (sem exceção) devem ter funções específicas, levando-se em consideração aquilo que o gestor considera que eles fazem de melhor.

Falando em designação de tarefas ...

Não faz sentido colocar um funcionário que não gosta de determinada função para executá-la.

E se você fizer isso para “castigá-lo”, saiba que os reflexos serão muito mais negativos do que você pensa.

Sendo assim, nunca deixe de ouvir as demandas e gostos de seus funcionários.

Além disso, repare naquilo que eles são bons, naquilo que gostam e que falam com frequência.

Se o funcionário é ótimo em negociações, por exemplo, não faz sentido deixá-lo escondido atrás do caixa, não é mesmo?

A gestão de pessoas exige tanto o reconhecimento como, especialmente, a adequação de cada funcionário no lugar em que ele se sente mais confortável.

E o reflexo será positivo tanto para o funcionário como para a empresa!

Integração é o caminho

Passe às equipes a ideia de que todas estão no mesmo barco – afinal, elas realmente estão.

A integração permite união, estimula diálogos agradáveis e sensação de empatia entre diferentes setores, o que reflete em motivação para todos.

A integração entre equipes de diferentes setores ainda estimula bons relacionamentos interpessoais e evita conflitos internos.

Falaremos especificadamente sobre este assunto ao longo deste artigo.

Ofereça benefícios

Além do salário e dos benefícios obrigatórios, que tal oferecer outras vantagens que venham a atrair o funcionário, mantendo-o motivado na organização?

Descontos em escolas de idiomas, em academias, centros esportivos, teatros ou cinemas são boas alternativas (além de financeiramente viáveis para o empregador).

Que tal apostar?

Quais são os benefícios da gestão de pessoas?

Fica claro já na introdução e nas dicas explanadas anteriormente que a gestão de pessoas pode trazer inúmeros benefícios para a organização.

Entre os principais deles, destacamos:

Ações de bem-estar organizacional

Com a gestão de pessoas, o bem-estar se instalará de modo muito mais expressivo na instituição.

Isso porque funcionários felizes compõem empresas felizes, o que por sua vez, reflete em uma organização integrada.

Produtividade

Você sabia que mais de 70% dos funcionários, em âmbito nacional, estão acomodados na empresa em que trabalham?

Isso mesmo: são colaboradores que não inovam, não participam e já não trazem novas ideias para a empresa em que atuam, mas apenas fazem o “mínimo para não serem mandados embora”.

Ao apostar em uma boa gestão de pessoas, a chance de que a produtividade caia a esse ponto é praticamente nula.

Isso porque os funcionários estarão sempre motivados, inspirados a serem cada vez melhores para atenderem tanto a seus objetivos pessoais como relacionados ao que é desejado pela empresa.

Melhora da rentabilidade

Com a produtividade lá em cima, outro aspecto que automaticamente também melhora diz respeito à rentabilidade.

Isso porque funcionários produtivos rendem muito mais, o que leva a um serviço bem feito e ao consequente aumento da arrecadação financeira da empresa.

Melhora dos resultados

Com o aumento da produtividade e rentabilidade, a melhora da performance e resultados também já era esperada, não é mesmo?

Funcionários motivados pela gestão de pessoas tendem a buscarem resultados cada vez melhores para a empresa em que atuam, uma vez que entendem que isso reflete nos próprios colaboradores que são.

Por isso, jamais deixe esta técnica de lado.

Melhor recrutamento e seleção de pessoas

A seleção e recrutamento de pessoas também se tornam personalizados, especializados, e muito possivelmente, “marcas registradas” de sua empresa.

Empresas de pequeno e médio porte que apostam em gestão de pessoas tendem a se especializarem no recrutamento e na seleção de funcionários, escolhendo aqueles que verdadeiramente refletem no perfil da empresa, assim como em seus valores, missões e diferenciais.

E falando em recrutamento, vale ainda destacar a importância de se contratar bem, selecionando funcionários que realmente reflitam no perfil da instituição.

Neste sentido, o recrutamento deve ser visto como uma etapa de enorme importância para empresas que realmente querem colaboradores e equipes formadas por pessoas que exalem os objetivos, metas e perfil da organização.

Mas afinal, como chegar ao perfil certo de profissional para atuar em minha empresa?

Vamos a alguns exemplos.

Para ser contratado na área financeira/administrativa ...

É fundamental que o profissional da área administrativa/financeira domine cálculos por um lado, ao mesmo tempo em que é maleável para explicá-los aos demais setores.

Além disso, ética, liderança e inteligência emocional também são características que não podem faltar a esse profissional.

Para ser contratado na área comercial ...

Já os profissionais da área comercial devem ser estratégicos, além de dominarem fluxos comunicativos e o poder da persuasão.

Resiliência, amor pelo que faz e capacidade de trabalhar com metas e objetivos também são características que devem ser encontradas neste profissional.

Para ser contratado na área de web designer ...

Bons web designers devem ter, além de tudo, capacidade de ouvir e respeitar as ideias dos gestores da empresa.

Mas não se esqueça: a via é de mão dupla e se ambos souberem respeitar a atuação um do outro, bons serviços farão parte da rotina.

Lembre-se que os web designers são familiarizados com uma forma diferente das tecnologias da internet, motivo pelo qual às vezes é necessário parar e prestar atenção naquilo que eles querem passar.

Com uma boa gestão de pessoas, esse profissional certamente se destacará como um ótimo aliado da instituição.

Em todos os casos (tanto em relação aos citados acima como também em outros), pagá-los com base no piso nacional também é importante para a gestão de pessoas, afinal, o fator financeiro é um ótimo aliado na motivação de equipes.

Para pegar referências de salários em nível nacional, recomendamos os sites da Catho, Sine e Vagas.com.

Para ter uma média daquilo que é pago (e obrigatório) em cada Estado, recomendamos ainda uma visita aos portais dos sindicatos que regulamentam tais profissões em cada um deles.

A importância de uma equipe bem treinada

Uma equipe bem treinada conhece os procedimentos da empresa e alia seus valores pessoais com aqueles exalados pela instituição.

Sendo assim, o treinamento faz com que a organização e seus funcionários entrem em sintonia, o que resulta em uma gestão de pessoas muito mais eficiente e certeira.

Além disso, o treinamento faz com que o funcionário se sinta parte daquilo, ou seja, da empresa em que atua.

Não à toa, a motivação e a capacitação farão com que ele realize o seu trabalho e função com muito mais excelência e força de vontade.

O que é relacionamento interpessoal, cultura organizacional e como se relacionam com a gestão de pessoas?

Ao apostar na gestão de pessoas, outros dois aspectos, por vezes deixados de lado, também passam a ser lembrados com maior frequência:

1. Os relacionamentos interpessoais;
2. A exalação da cultura organizacional da empresa.

No que se refere aos relacionamentos interpessoais, eles são altamente melhorados quando há boa gestão de pessoas.

Isso porque o relacionamento interpessoal diz respeito à capacidade dos indivíduos de se relacionarem com facilidade com funcionários de demais setores e níveis hierárquicos da empresa.

Bons relacionamentos interpessoais, além de melhorarem o fluxo de comunicação da empresa, também evitam conflitos internos.

A boa gestão de pessoas também faz com que a cultura organizacional da empresa seja levada a sério.

Sabe os objetivos, metas, missões e valores estabelecidos lá no planejamento que permitiu os primeiros passos e a abertura de portas da organização?

Pois é. Se eles foram esquecidos com o passar do tempo, isso significa que a gestão de pessoas não está sendo efetuada corretamente.

Ao apostar em uma boa gestão de pessoas, os funcionários recrutados não só conhecerão a cultura organizacional da sua empresa, como farão parte dela em cada uma de suas atitudes.

Incrível, não é mesmo?

Que tal apostar em franquias?

E se você também ficou animado (a) para colocar a gestão de pessoas em prática, saiba que tais dicas também podem ser seguidas com êxito quando o assunto diz respeito ao investimento em franquias.

Pois é: além da rentabilidade financeira e menos risco, as franquias também possibilitam que a gestão de pessoas seja efetuada de modo a exalar a cultura organizacional da empresa.

A nossa dica é apostar em gestão de pessoas logo no início do investimento, já que desta forma, a seleção e o recrutamento já serão etapas efetuadas como verdadeiramente devem ser, levando-se em consideração a contratação de funcionários que realmente reflitam no perfil da empresa.

Lembre-se: o investimento em franquias promete se tornar um sucesso ainda maior (além de mais rentável e produtivo) com a motivação e capacitação de funcionários.

Por isso, não hesite em apostar na gestão de pessoas seguindo as dicas que foram destacadas ao longo deste artigo.

Ao apostar na gestão de pessoas, sua empresa se tornará um lugar de prazer e comprometimento.

E como já destacamos anteriormente, ela pode (e deve) ser realizada não apenas em grandes empresas, mas especialmente naquelas de pequeno e médio porte. Pensando nisso, o que você ainda está esperando para começar?

Gostou do nosso artigo? Então curta nossa página do Facebook ou LinkedIn, e tenha sempre informações como essa ao seu alcance, acompanhe conteúdos que vão ajudar a manter seus colaboradores motivados!

A missão das Franquias de Sucesso Liguesite é qualificarmos os empreendedores das nossas franquias para que ofereçam as melhores soluções digitais do mercado, fazendo com que produtos, serviços e marcas sejam encontradas por quem as procura.

Se você precisar de ajuda para abrir o seu próprio negócio, para ter mais segurança, liberdade e crescer, ou simplesmente deseja para escolher a melhor franquia para investir, fique à vontade para falar conosco.

Somos conectados e conectamos pessoas, via internet.

Seja estratégico, conecte-se.

Liguesite

O blog Liguesite oferece conteúdo de marketing digital gratuito para empreendedores alcançarem resultados positivos em seus negócios com a internet. Nós queremos ajudar você e a sua empresa também!

Liguesite Matriz

ENDEREÇO

Rua Antonio Daniel Dalcuche Filho, 27
Curitiba
Paraná

 

ATENDIMENTO

(11) 4063-2828   |  (21) 4062-7834
(31) 4062-7934   |  (41) 4063-9808
(48) 4062-1878   |  (71) 4062-9878
(81) 4062-9802   |  (85) 4062-8442

sac@liguesite.com.br

© 2018 Liguesite. Todos os direitos reservados. Leia nossa Política de Privacidade.